Ibovespa
120.445,91 pts
(0,15%)
Dólar comercial
R$ 5,46
(0,38%)
Dólar turismo
R$ 5,66
(0,02%)
Euro
R$ 5,85
(0,01%)

SegurPro investe em eletrificação da frota de veículos operacionais na Unilever

A multinacional de bens de consumo foi a primeira cliente da SegurPro no Brasil a adotar o uso de carros mais sustentáveis
Por Redação em 24 de abril de 2024 às 10h24
SegurPro investe em eletrificação da frota de veículos operacionais na Unilever
Foto: Divulgação / SegurPro
Foto: Divulgação / SegurPro

A SegurPro, empresa de segurança patrimonial do Grupo Prosegur, acaba de implementar carros elétricos com estações de recarga em sua operação na Unilever, uma das maiores empresas de bens de consumo do mundo. Com autonomia de bateria de aproximadamente 185 km e carga rápida de 40 minutos, a Unilever foi o primeiro cliente da SegurPro no país a adotar o uso de carros eletrificados. Os carros elétricos estão sendo utilizados na operação de vigilância patrimonial em cinco plantas industriais da companhia, sendo quatro no estado de São Paulo e uma em Minas Gerais. 

Atenta à pauta da sustentabilidade, não só em relação ao meio ambiente, mas também à economia financeira e à saúde e bem-estar de seus colaboradores, a SegurPro investiu mais de R$2 milhões de reais nos últimos dois anos na implementação de tecnologias mais eficazes. Atualmente, 44% da frota própria de motos da companhia é elétrica, com a expectativa de aumento até o fim do ano. Com cerca de 2.000 km/mês rodado, o contingente de 90 motos deixa de emitir 228,24 toneladas de CO₂ no ano, o que equivale a mais de 1.400 árvores poupadas.

"Estamos comprometidos em ampliar nossa frota de carros elétricos na operação da empresa no Brasil. É uma decisão tomada sempre em parceria com nossos clientes, mas temos notado cada vez mais o interesse deles por opções mais limpas. Além disso, economicamente falando, todos os lados saem ganhando, já que o custo de manutenção de um veículo elétrico é consideravelmente mais acessível do que o de um veículo a combustão", afirma Sergio Souza, CEO da Segurpro. A frota em operação na Unilever deve evitar a emissão de toneladas 21,8 toneladas de CO₂ por ano.

 

Tecnologia

Os veículos elétricos utilizados pela SegurPro ainda possuem a tecnologia de telemetria, necessária para realizar o monitoramento e o reconhecimento do condutor responsável pela direção por meio do crachá do vigilante. Além disso, captam dados sobre a taxa de utilização, viagens percorridas, média de velocidade captada em curvas, índice de aceleração brusca, excesso de velocidade e condição das vias. O sistema de telemetria está implantado em 100% da frota da SegurPro.

Toda a gestão da frota verde da SegurPro é realizada por meio do iSOC - Centro de Controle Operacional, localizado em São Paulo, onde a empresa controla também a atuação de seus mais de 23 mil vigilantes alocados nos quase 4 mil locais de prestação de serviço de 700 clientes no Brasil. A integração dos profissionais de segurança qualificados com a tecnologia de ponta da empresa reforça o conceito de Segurança Híbrida da SegurPro, na oferta de soluções que previnem os riscos por meio do uso de tecnologia de ponta, aproveitando os dados que são coletados pela operação de acordo com a área de atuação do cliente.

 

Eletrificação

O mercado de carros elétricos tem registrado um aumento expressivo no número de vendas no Brasil. Em 2023, foram quase 94 mil emplacamentos, um crescimento de 91% sobre as vendas de 2022, quando chegou a 49.245, de acordo com dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE). Segundo a associação, em 2024, o estado de São Paulo foi líder nacional no emplacamento de veículos eletrificados em fevereiro, com 3.497 unidades, seguido pelo Distrito Federal, com 991 veículos, e Rio de Janeiro, com 786 veículos. Juntos, os três estados representaram 50,5% do total de emplacamentos do período.

Durante a vida útil de um carro elétrico, em média, são emitidos aproximadamente 50% menos gases de efeito estufa do que um veículo movido a combustão. Os custos tributários e a redução considerável de ruído em perímetros urbanos de grandes cidades representam ainda vantagens especiais no Brasil. Falando na saúde auditiva, estima-se que o limite seguro de som para o ouvido é de 80 decibéis. Para se ter uma ideia, o barulho na Avenida Paulista, no centro de São Paulo, supera sem dificuldades a casa dos 95 dB.

A eletrificação da frota de veículos faz parte do Plano Diretor de Sustentabilidade do Grupo Prosegur no mundo. Atualmente, a empresa possui 453 veículos elétricos, entre motos e carros elétricos. Com operação em 31 países, a área de Security do Grupo soma mais de 320 veículos elétricos ao redor do mundo. "A estratégia demonstra o empenho da companhia no processo de transformação para uma sociedade global sustentável, em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas", comenta Souza.

O Plano Diretor de Sustentabilidade está estruturado em quatro áreas principais de ação: Ética, Transparência e Governança; Pessoas; Segurança no Trabalho e Meio Ambiente. No total, existem 63 iniciativas específicas para as quais as empresas do Grupo definiram um conjunto de indicadores detalhados que permitem medir o seu impacto e evolução.

 

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar