Ibovespa
124.171,15 pts
(-0,17%)
Dólar comercial
R$ 5,24
(-0,50%)
Dólar turismo
R$ 5,45
(-0,56%)
Euro
R$ 5,60
(-0,02%)

Grupo Madero fatura R$ 220 mil por mês com logística reversa de óleo; entenda

Antes, a empresa desembolsava aproximadamente R$ 150 mil para o descarte adequado e ecológico do produto
Por Redação em 10 de julho de 2023 às 9h48
Grupo Madero fatura R$ 220 mil por mês com logística reversa de óleo; entenda
Foto: Divulgação/Madero
Foto: Divulgação/Madero

O Grupo Madero tem se destacado com a sua logística reversa de óleo de cozinha. Após o término de sua vida útil, o produto se torna 100% reciclado. Além da prática sustentável, a empresa ganhou uma nova fonte de receita mensal.

Em parceria com a BSBios firmada em março deste ano, a rede de restaurantes passou a faturar R$ 220 mil a partir de um contrato de compra e venda. Antes da parceria, a empresa desembolsava aproximadamente R$ 150 mil para o descarte adequado e ecológico do produto.

De acordo com o Grupo Madero, o contrato prevê o recolhimento de 55 mil litros do óleo de cozinha mensalmente, envolvendo 275 restaurantes, incluindo Madero Container, Madero Steak House e Jeronimo Burger, em todo o país.

Com a parceria, o insumo agora é destinado para a produção de biodiesel, sendo recolhidos pelos mesmos veículos que abastecem os restaurantes com suprimentos, segundo a própria empresa.

“O resíduo do óleo de cozinha industrial é um item potencialmente poluidor quando descartado de maneira inadequada, sendo necessárias alternativas que possibilitem a sua reciclagem. Por isso, a parceria com a BSBios neste processo de logística reversa é importante para promovermos equilíbrio não só ambiental, mas também econômico”, cita Junior Durski, CEO do Grupo Madero.

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar