Ibovespa
122.243,42 pts
(-0,32%)
Dólar comercial
R$ 5,45
(1,16%)
Dólar turismo
R$ 5,65
(1,05%)
Euro
R$ 5,84
(0,96%)

Cresce o número roubos de cargas no Brasil; Bahia registra maior aumento

São Paulo e Rio de Janeiro concentram maior parcela dos roubos
Por Redação em 2 de outubro de 2023 às 10h01
Cresce o número roubos de cargas no Brasil; Bahia registra maior aumento
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Brasil registrou 17.230 casos de roubo entre janeiro e julho deste ano, de acordo com os dados do “Brasil: Relatório Trimestral de Roubo de Carga”, elaborado pelo Centro de Inteligência da Overhaul. O número representa um crescimento de 5,5% comparado com o mesmo período de 2022.

Com isso, a instituição classificou os embarques no país como "grave risco de roubo de carga". A maioria dos casos continua sendo concentrada nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro (76%).

De acordo com a empresa, 87% das ocorrências se concentram nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Goiás, que são os locais com maior circulação de mercadorias no Brasil. O informe, porém, sinaliza que o maior crescimento de roubos no segundo trimestre ocorreu na Bahia, que passou de 1% a 5% dos eventos em todo o país no período de um ano.

Os estados que lideram em casos de roubos são: São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Bahia, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. Juntos, os estados representam uma esmagadora parcela de 98% dos incidentes ocorridos durante o segundo trimestre deste ano. A região Sudeste contribui significativamente para esse cenário, com 79% dos casos, mantendo-se praticamente estável em relação ao primeiro trimestre, quando a concentração era de 80%. Por outro lado, a região Centro-Oeste, representada por Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, apresenta uma baixa incidência de 3%, marcando uma redução de 5% em comparação com o período anterior. Em contrapartida, a região Sul ressurge como a segunda mais afetada, respondendo por 10% dos roubos, evidenciando um padrão de atividade das quadrilhas.

Cresce o número roubos de cargas no Brasil; Bahia registra maior aumento
Foto: Divulgação

Dessa forma, as regiões Sudeste e Sul permanecem como os principais alvos, demandando uma atenção especial, especialmente para categorias de carga como Alimentos & Bebidas, Eletrônicos, Agro e Cigarros. No entanto, mesmo outras categorias, como a Farmacêutica, que não demonstraram variações substanciais, continuam a ser alvos atrativos devido ao histórico de interesse desses criminosos e aos elevados valores das mercadorias transportadas.

O Centro de Inteligência da Overhaul também observou uma preocupante tendência de aumento nos roubos de carga no Estado do Rio de Janeiro, com um acréscimo de 3 pontos percentuais em comparação com o mesmo período de 2022, durante o segundo trimestre deste ano. Essa tendência se manifesta de maneira notável ao analisar as ocorrências de alimentos e bebidas, uma vez que 91% delas se concentram na região Sudeste, sendo que 75% desses casos ocorrem no estado do Rio de Janeiro, com as cidades de Duque de Caxias, São João do Mereti e Rio de Janeiro sendo responsáveis por 67% dessas ocorrências.
 

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar