Ibovespa
125.148,07 pts
(-0,34%)
Dólar comercial
R$ 5,13
(-0,74%)
Dólar turismo
R$ 5,34
(-0,93%)
Euro
R$ 5,49
(-0,27%)

Mercado chileno de veículos comerciais registra queda em outubro de 2023, segundo ANAC

Vendas de caminhões e ônibus apresentam retração em relação ao mesmo período do ano anterior; Mercedes-Benz lidera em caminhões
Por Redação em 30 de novembro de 2023 às 11h23
Mercado chileno de veículos comerciais registra queda em outubro de 2023, segundo ANAC
Foto: Reprodução/Pixabay
Foto: Reprodução/Pixabay

O mercado chileno de veículos comerciais enfrentou uma queda significativa em outubro, registrando a venda de 1.356 unidades, o que representa uma redução de 23,7% em comparação com as 1.778 unidades vendidas no mesmo mês de 2022. Os dados foram divulgados pela Associação Nacional Automotriz do Chile (ANAC).

O segmento de caminhões, responsável por 1.172 unidades vendidas, experimentou uma retração de 14%, mesmo sendo o terceiro melhor mês de 2023 em termos de vendas. As vendas de ônibus também apresentaram uma queda notável, atingindo 184 unidades, uma diminuição de 55,4% em relação às 415 unidades de outubro do ano anterior.

Em setembro, houve uma entrega significativa de 645 veículos pela BYD, vencedora de uma licitação para a frota do sistema RED, que gerencia o transporte urbano de passageiros na capital Santiago.

No cenário das marcas, a Mercedes-Benz destacou-se como líder tanto nas vendas mensais quanto nas acumuladas de caminhões. No mês de outubro, a Mercedes-Benz alcançou 219 unidades vendidas, representando uma participação de mercado de 18,7%. Seguiram-se a Volvo, com 135 unidades (11,5%), a Volkswagen, com 125 unidades (10,8%), e a Scania, com 104 unidades (8,5%).

No acumulado do ano, a Mercedes-Benz lidera com 1.854 unidades, seguida pela Volvo (1.080), Scania (967) e Volkswagen (932).

No segmento de caminhões leves, a JAC conquistou a liderança com 254 unidades e uma participação de mercado de 21,8%. A Chevrolet dominou o segmento médio, com 695 veículos (25,3%), enquanto a Mercedes-Benz destacou-se no segmento pesado, com 1.666 unidades (25,8%) e também na classificação geral.

Quanto aos ônibus, em outubro, a Fuso liderou com 42 unidades, seguida pela Mercedes-Benz (39) e Volvo (31). No acumulado do ano, a Foton mantém a liderança, com 838 veículos (33,1%), seguida pela BYD (366), Mercedes-Benz (289) e Fuso (184). As duas primeiras destacaram-se por vencerem licitações para fornecer veículos à frota do sistema RED.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar