Ibovespa
125.946,09 pts
(-1,14%)
Dólar comercial
R$ 5,12
(0,61%)
Dólar turismo
R$ 5,34
(0,76%)
Euro
R$ 5,45
(-0,23%)

Startup apresenta solução para conectar transportadoras a embarcadores

Plataforma buscar reduzir a ociosidade das transportadoras, otimizando o setor logístico e reduzindo custos
Por Redação em 29 de janeiro de 2024 às 5h06
Startup apresenta solução para conectar transportadoras a embarcadores
Foto: Reprodução/Pixabay
Foto: Reprodução/Pixabay

O transporte rodoviário de cargas (TRC) é um pilar vital na matriz logística do Brasil, representando mais de 64% do transporte de mercadorias no país, conforme dados da Confederação Nacional de Transportes (CNT). No entanto, desafios como o custo do diesel e a ociosidade da frota têm impacto direto na eficiência e rentabilidade do setor.

A startup Carga Cheia, do Grupo Verante, apresentou uma solução para os desafios enfrentados pelas transportadoras e embarcadores. Com o propósito de facilitar o "match" entre esses dois elos essenciais da cadeia logística, a plataforma busca preencher a lacuna da ociosidade na frota e promover eficiência operacional.

Conectando Oportunidades e Otimizando Setores-chave
David Atalla, gerente de Operações do Carga Cheia, destaca a missão da plataforma em conectar transportadoras com capacidade ociosa a embarcadores com demandas de envio de carga. A plataforma visa atender diversos setores da indústria de transformação, incluindo alimentos, calçados, vestuário, produtos têxteis e plásticos, entre outros.

Atalla enfatiza que a Carga Cheia não é uma concorrente das transportadoras, mas sim uma parceira que cria oportunidades de negócios. A plataforma busca não apenas aumentar a receita das transportadoras, mas também reduzir custos para os embarcadores, melhorando a eficiência operacional e contribuindo para a sustentabilidade ambiental ao reduzir o número de caminhões em circulação e o consumo de combustível.

Ganhos Operacionais e Impacto ESG
Klayton Martins, CEO do Carga Cheia e vice-presidente do Grupo Verante, destaca os ganhos operacionais potenciais relacionados ao uso da plataforma. Prevê-se uma melhoria da eficiência operacional em até 20% para as indústrias que utilizam o serviço, além do aumento da produtividade interna das transportadoras parceiras.

Martins ressalta a relevância do aspecto ESG (Ambiental, Social e Governança) no trabalho da Carga Cheia. Através do complemento de carga, a plataforma contribui para otimizar a logística reversa, reduzindo desperdícios e impactos ambientais.

Redução de Custos e Rigorosos Padrões de Segurança
A empresa estima que o envio de insumos via complemento de carga pode representar uma redução média de 30% nos custos de frete para as indústrias. Para as transportadoras, a Carga Cheia prevê um aumento médio de receita entre 15% a 20%.

Para garantir a segurança e a credibilidade do processo de "match", a plataforma adota rigorosos processos de certificação para as transportadoras. Critérios como regularização, gerenciador de risco, rastreamento e seguros atualizados são essenciais. Klayton Martins destaca a visão futura de tornar a Carga Cheia um certificador de transportadoras nos próximos anos.


LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar