Ibovespa
127.652,06 pts
(-1,39%)
Dólar comercial
R$ 5,59
(1,89%)
Dólar turismo
R$ 5,79
(1,73%)
Euro
R$ 6,09
(1,54%)

CDRJ implanta sistema de programação ferroviária

Objetivo é promover a melhoria da eficiência logística nos portos
Por Redação em 13 de outubro de 2022 às 14h00 (atualizado às 14h40)

Entrou em operação no Porto do Rio de Janeiro, na última segunda-feira, dia 10 de outubro, o Sistema de Programação e Controle das Manobras Ferroviárias (Sisfer), desenvolvido pela Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), com um investimento de R$ 90 mil realizado pela própria autoridade portuária.

A ferramenta tem como objetivo informatizar os procedimentos necessários à programação e à efetivação de entradas e saídas das composições ferroviárias, visando a melhoria da dinâmica operacional, com reflexo direto na eficiência logística dos portos. No Porto de Itaguaí, o sistema será implantado ainda este ano. 

De acordo com Guilherme Carvalho, gerentes de Acesso Terrestre do Porto do Rio de Janeiro, a novidade vai proporcionar padronização e otimização de todas as fases do processo de programação e movimentação ferroviária, redução de impacto das manobras ferroviárias na eficiência dos demais modais de transporte e das operações portuárias e o estabelecimento de condições favoráveis para um incremento na movimentação ferroviária. O Sisfer permitirá ainda a integração com outros sistemas dos terminais arrendados e dos operadores portuários e ferroviários. 

Até então, o processo era baseado em formulários físicos, com registros complementados manualmente e a troca de informações era realizada via e-mail e telefone. Esse cenário prejudicava a comunicação entre os stakeholders que operavam ou se utilizavam do modal ferroviário, gerando, por vezes, prejuízos à eficiência operacional, pois limitava e retardava o compartilhamento de informações, a rastreabilidade do processo e a consolidação dos dados para fins gerenciais. 

O superintendente de Tecnologia da Informação da CDRJ, Carlos Cerveira, destaca que o desenvolvimento do Sisfer é uma das ações previstas no Plano de Transformação Digital (PTD), cuja vigência é o triênio 2022-2024. O PTD tem por objetivo promover o aperfeiçoamento do uso das tecnologias existentes, na prestação dos serviços disponibilizados pela companhia, tanto a clientes internos quanto externos. 

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar