Ibovespa
127.625,84 pts
(-0,03%)
Dólar comercial
R$ 5,60
(0,30%)
Dólar turismo
R$ 5,81
(0,28%)
Euro
R$ 6,10
(0,13%)

Hidrovias do Brasil estabelece contrato para movimentação de soja na Região Norte

Volume transportado pode chegar a 400 mil toneladas anuais
Por Redação em 22 de março de 2017 às 15h12

A Hidrovias do Brasil anunciou, neste mês de março, a celebração de um contrato com as empresas Aliança Agrícola do Cerrado e Sodru Trading, do Grupo Sodrugestvo, de origem russa e sediado em Luxemburgo, para a prestação de serviços de transbordo de carga, transporte fluvial e operação portuária.

O acordo, que vale por de dez anos, envolve a movimentação e a exportação anual de até 400 mil toneladas de grãos na Região Norte do Brasil. A Aliança Agrícola do Cerrado atua no mercado da soja no cerrado brasileiro e é resultado da unificação das operações do Grupo Sodrugestvo no Brasil, ocorrida em 2012.

Hidrovias do Brasil

A Sodrugestvo detém 61% da empresa e a Cooperativa dos Agricultores da Região de Orlândia (Carol) detém 39%. Além de Luxemburgo, Rússia e Brasil, o grupo está presente na Ucrânia, Dinamarca, Estados Unidos, Suíça e em várias outros oaíses da Europa Oriental.

A Hidrovias do Brasil conta com uma Estação de Transbordo de Cargas (ETC) em Miritituba (PA), comboios de barcaças e um Terminal de Uso Privado (Tup) nas proximidades de Vila do Conde, em Barcarena (PA). Atuando desde 2010, a empresa pretende alcançar uma capacidade operacional de movimentação de 6,5 milhões de toneladas de grãos ao ano até 2020.

Fundada pelo fundo de infraestrutura do Pátria Investimentos, a Hidrovias do Brasil conta ainda com participações de outros investidores, como Aimco, Temasek, Blackstone, IFC e BNDESPar.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar