Ibovespa
125.946,09 pts
(-1,14%)
Dólar comercial
R$ 5,12
(0,61%)
Dólar turismo
R$ 5,34
(0,76%)
Euro
R$ 5,45
(-0,23%)

Paraná investe em infraestrutura para atender à demanda global por alimentos e ser referência em sustentabilidade portuária

Ampliação do Porto de Paranaguá e projetos sustentáveis são destaques na COP28
Por Redacción el 21 de diciembre de 2023 a las 10h52
Paraná investe em infraestrutura para atender à demanda global por alimentos e ser referência em sustentabilidade portuária
Foto: Divulgação/Portos Paraná
Foto: Divulgación/Portos Paraná

O estado do Paraná está concentrando esforços em fortalecer sua infraestrutura para atender à crescente demanda global por alimentos. O secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, representou o estado na COP28, discutindo e apresentando os projetos em andamento para transformar a região em um hub logístico de destaque. Diretamente de Dubai, em entrevista ao Canal Rural, Alex e Luiz Fernando Garcia, diretor-presidente da Portos do Paraná, detalharam desafios, oportunidades e estratégias.

Expansão do Porto de Paranaguá: Investimento de US$ 1 bilhão para aumentar capacidade em 10 milhões de toneladas
Um dos principais investimentos em destaque é a expansão do Porto de Paranaguá, já o maior terminal de grãos do Brasil e um dos mais importantes globalmente. Com uma licitação em andamento para um novo terminal de US$ 1 bilhão, a expectativa é aumentar a capacidade portuária em 10 milhões de toneladas.

Infraestrutura de Transporte: Rodovias e ferrovias em foco para aprimorar logística agrícola
Além do Porto, o Paraná investe em melhorias em rodovias e ferrovias para otimizar o escoamento da produção agrícola. O estado já alcançou recordes de movimentação de cargas em 2023 e tem a meta de superar a marca de 60 milhões de toneladas até o final do ano.

Prioridade nas ferrovias para sustentabilidade logística
Sandro Alex ressaltou a importância das ferrovias para a sustentabilidade do Paraná, destacando que o modal ferroviário é mais eficiente e menos poluente que o rodoviário. O estado trabalha para integrar suas ferrovias com as de outros estados, visando criar um corredor logístico eficiente para escoar a produção agrícola.

Compromisso com a emissão zero no Porto de Paranaguá: Sustentabilidade em foco
O Paraná busca tornar o Porto de Paranaguá um terminal de emissão zero, contratando a Fundação Valencia Portos, da Espanha, para estudar a viabilidade de tecnologias limpas no porto. O secretário Sandro Alex enfatiza o desejo de seguir exemplos de grandes portos mundiais, investindo em tecnologias sustentáveis para posicionar o Porto de Paranaguá como um dos principais portos verdes do mundo.

Recordes e sustentabilidade em destaque: Porto de Paranaguá como exemplo
O Porto de Paranaguá não apenas alcançou recorde de movimentação em 2023, atingindo 58,5 milhões de toneladas, mas também se destaca pela sustentabilidade. Recebendo o primeiro navio do mundo movido a vela, o "EcoSpirit", capaz de transportar até 60 mil toneladas de carga, o porto reduziu em 30% o consumo de diesel e as emissões de gases poluentes. Além disso, projetos de eficiência energética, como a instalação de iluminação LED, demonstram o comprometimento do Porto de Paranaguá com a preservação ambiental, contribuindo para o desenvolvimento econômico sustentável do estado e do país.


LEIA TAMBÉM:

Utilizamos cookies y tecnologías similares para mejorar su experiencia, analizar estadísticas y personalizar la publicidad. Al acceder al sitio web, acepta este uso, de acuerdo con la Política de Privacidad.
Aceptar
Administrar