Ibovespa
125.124,30 pts
(0,75%)
Dólar comercial
R$ 5,20
(-0,96%)
Dólar turismo
R$ 5,41
(-1,20%)
Euro
R$ 5,54
(-0,86%)

Porto de Suape (PE) ganha novo terminal de contêineres com investimento inicial de R$1,6 bilhão

Administrado pela APM Terminals, o futuro terminal teve a autorização assinada nesta segunda-feira (16) e tem previsão de início da operação em 2026
Por Redacción el 18 de octubre de 2023 a las 11h18
Porto de Suape (PE) ganha novo terminal de contêineres com investimento inicial de R$1,6 bilhão
Foto: Divulgação / Porto de Suape
Foto: Divulgación / Porto de Suape

O Ministério dos Portos e Aeroportos assinou nesta segunda-feira (16/10) a autorização para viabilização de um novo terminal de contêineres no Complexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros (Suape), em Pernambuco. O terminal será administrado pela APM Terminals, subsidiária da A.P. Moller-Maersk, que anunciou um investimento de 1,6 bilhão na primeira fase de implantação da nova estrutura.

Com essa fase do projeto concluída, a APM Terminals Suape recebeu a aprovação da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) para a mudança no perfil de carga, possibilitando a operação de contêineres e a ampliação da área a ser utilizada pelo terminal. O futuro terminal poderá movimentar até 400 mil TEUs e aumentará a capacidade do complexo portuário em 55%, gerando empregos diretos e indiretos. As obras devem ser iniciadas pela APM Terminals Suape em 2024 e a previsão é que o terminal entre em operação no segundo trimestre de 2026.

"Temos muito trabalho pela frente e estamos honrados com a confiança depositada em nosso projeto, que será o primeiro terminal 100% eletrificado na América Latina", afirma Aristides Junior, diretor-presidente da APM Terminals Suape.

Segundo o executivo, a APM Terminals Suape terá infraestrutura moderna com iniciativas pioneiras em sustentabilidade portuária. "Todos os equipamentos serão elétricos, com tecnologia e processos de ponta, como um sistema completo de gestão ambiental, gestão de resíduos, tratamento de águas residuais e modelagem de fluxo de águas subterrâneas para controle de poluição. Também terá rede 5G própria, que possibilitará transmitir informações em tempo real para os clientes, 24 horas por dia, sete dias por semana". Outro diferencial do terminal será o uso de RTGs (guindastes móveis sobre pneus) por controle remoto, que ampliará a agilidade das operações do terminal e garantirá mais segurança à operação.

A APM Terminals Suape também fomentará o desenvolvimento socioeconômico da região, que passará a ter maior conectividade, potencialmente atraindo novos serviços diretos para a Ásia e a Europa. "Graças a esse fator, é esperado um efeito-cascata positivo, pelo qual a redução de custos e preços do transporte aumenta a competitividade dos exportadores e reduz os preços dos insumos de produção intermediários importados e de bens de consumo. Além disso, o terminal impactará positivamente o varejo e a indústria no nordeste, ao ampliar a oferta de janelas de atracação para os armadores, favorecendo o aumento do trânsito de navios e de novos serviços que conectem Pernambuco a diversos portos do mundo", explica Aristides.

 

LEIA MAIS:

Utilizamos cookies y tecnologías similares para mejorar su experiencia, analizar estadísticas y personalizar la publicidad. Al acceder al sitio web, acepta este uso, de acuerdo con la Política de Privacidad.
Aceptar
Administrar