Ibovespa
119.662,38 pts
(0,08%)
Dólar comercial
R$ 5,38
(0,28%)
Dólar turismo
R$ 5,58
(0,03%)
Euro
R$ 5,76
(-0,05%)

Cargosoft recebe certificação do Programa OEA

Operador logístico tem a indústria farmacêutica como core business
Por Redacción el 10 de noviembre de 2021 a las 12h41

A Cargosoft foi certificada, no mês de outubro, como Operador Econômico Autorizado (OEA) no Programa OEA da Receita Federal Brasileira, que reconhece os operadores da cadeia logística internacional que demonstram capacidade de gerir satisfatoriamente todos os riscos relacionados à segurança física das cargas e à conformidade tributária e aduaneira.

“A certificação nos coloca na elite dos prestadores de serviços logísticos. É o reconhecimento de que estamos aptos a trabalhar com comércio exterior e em condições diferenciadas da maioria dos concorrentes”, comemora Adilson Vienscoski, diretor-presidente da Cargosoft.

Segundo ele, para receber a certificação foram analisados tópicos como capacidade financeira e solvência da companhia, experiência no mercado, certificados de qualidade, sustentabilidade e também a segurança das instalações e operações.

Cargosoft recebe certificação do Programa OEA
Divulgação

Vienscoski destaca que o operador logístico já contava com certificações ISO e Sassmaq e, no quesito sustentabilidade, utiliza energia fotovoltaica em sua sede, localizada na cidade de Colombo, no estado do Paraná. “Estamos aguardando também a chegada do nosso primeiro caminhão elétrico”, completa.

Focada na indústria farmacêutica, a Cargosoft conta com frota de transporte totalmente refrigerada, adequação à RDC 430, portaria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que dispõe sobre as boas práticas de manuseio de medicamentos – sobretudo quando ao controle de temperatura –, além de todas as licenças e certificações que esse mercado exige.

“A indústria farmacêutica é nosso core business e a certificação OEA facilitará nossa entrada no mercado importador de insumos farmacêuticos e de produtos farmacêuticos acabados, não limitando-se somente a essa indústria”, finaliza Vienscoski.

Utilizamos cookies y tecnologías similares para mejorar su experiencia, analizar estadísticas y personalizar la publicidad. Al acceder al sitio web, acepta este uso, de acuerdo con la Política de Privacidad.
Aceptar
Administrar