Ibovespa
127.625,84 pts
(-0,03%)
Dólar comercial
R$ 5,60
(0,30%)
Dólar turismo
R$ 5,81
(0,28%)
Euro
R$ 6,10
(0,13%)

VLI apresenta segundo Relatório de Sustentabilidade

Documento está em conformidade com as diretrizes da Global Reporting Initiative
Por Redacción el 26 de octubre de 2022 a las 11h27
VLI apresenta segundo Relatório de Sustentabilidade

A VLI,  companhia de soluções logísticas que opera terminais, ferrovias e portos, informa que para fortalecer a conexão com todos os seus públicos de relacionamento apresentou seu segundo Relatório de Sustentabilidade. A empresa ressalta que o documento está em conformidade com as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI).

O documento compreende o período entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2021 e seu conteúdo completo pode ser conhecido. O relatório trata de temas como governança corporativa, cultura e gestão de pessoas, desempenho econômico-financeiro, saúde e segurança, segurança operacional, transformação digital e inovação, premiações, indicadores socioambientais e de segurança.

“Ao longo de 2021, a VLI manteve sua trajetória de evolução nos pilares socioambientais, em governança corporativa e em diversas outras frentes, sempre com consistência e intencionalidade. Isso reflete a maturidade da companhia ao percorrer a jornada que a levará, a cada ano, ao sucesso do seu negócio, criando e compartilhando valor com empregados, acionistas, clientes, fornecedores e comunidades”, afirma a diretora de Gente, Inovação e Sustentabilidade da VLI, Rute Melo Araújo. 

Destaques

No ano passado, a VLI informa que lançou sua Agenda ESG, intitulada VLI para o amanhã – conexões para um mundo melhor, que conta com compromissos alinhados à estratégia da companhia. Entre eles estão contribuir para a mitigação das mudanças climáticas, reduzindo em 15% a emissão de gases de efeito estufa, por tonelada transportada; reduzir em 20% o consumo de água nova nas operações; sensibilizar 100% de clientes e fornecedores críticos em temas de Ética e políticas de inclusão da VLI; alcançar e manter índice de 60% de contratação de fornecedores locais; alcançar 30% de mulheres em cargos de alta liderança, a partir de gerência, até 2025. Esses compromissos também estão em consonância, afirma a empresa, com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o que levou a empresa a aderir ao Pacto Global da ONU.

Em 2021, a companhia informa que sua receita líquida atingiu o patamar de R$ 6,5 bilhões, alta de 15,8% no comparativo a 2020. A receita líquida cresceu, revela, impulsionada por melhores tarifas nas ferrovias, pelo mix de fluxos e pelo aumento dos volumes movimentados nos portos, com crescimento de 5% em relação a 2020.

Neste mesmo período, os investimentos em ativos imobilizados e intangíveis atingiram R$ 1,6 bilhão e os recursos foram alocados em projetos para aumento de capacidade, manutenção e modernização dos ativos operacionais, além de projetos de meio ambiente, saúde e segurança.

Além disso, em 2021 a VLI salienta que transportou na malha ferroviária 59 milhões de toneladas, superando os 56,9 milhões de t de 2020. O volume de cargas movimentadas nos portos também aumentou e chegou a 43 milhões de t.

Ações

A VLI reforça que 2021 ficará marcado como o momento em que foram consolidadas diretrizes para transformar a logística do Brasil numa realidade que trará benefícios para a companhia, os clientes e a comunidade.

Um exemplo é o Fuelytics, ferramenta digital criada em jornadas internas de intraempreendedorismo da companhia, que viabiliza a redução no consumo de combustível nas locomotivas a partir de modelagem matemática de dados. Apenas em 2021, o Fuelytics gerou economia de 1,2 milhão de litros de diesel, evitando a emissão de quase 3 mil t de CO2 na atmosfera. A capilaridade e dispersão geográfica da VLI dá, ainda, a oportunidade de gerar desenvolvimento e deixar legado nas comunidades onde ela está presente.
 
Compromissos

De acordo com a diretora de Gente, Inovação e Sustentabilidade, a transformação está no DNA da empresa que, ao transportar as riquezas do país, seja pela malha ferroviária, portos ou terminais, alia o desenvolvimento econômico à construção de uma sociedade mais ética, sustentável, diversa e inclusiva.

“A VLI tem como propósito transformar a logística brasileira, sempre gerando valor a seus stakeholders e deixando um legado ao planeta. A opção por essa trajetória de sustentabilidade genuína leva a empresa a evoluir a cada ano”, comenta Rute.

Ainda em consonância com essa agenda, a VLI ressalta que se compromete com movimentos como o Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção, do Instituto Ethos; o Pacto Empresarial contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras, proposto pela Childhood Brasil; e o Pacto Global da ONU. Com os compromissos ESG assumidos, a VLI contribui para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Governança

Na VLI a governança corporativa é colocada em quatro dimensões: aprimoramento das decisões dos órgãos de administração e gestão; cultura e confiabilidade; transparência e prestação de contas; e direitos dos acionistas. Os órgãos de Governança da companhia são compostos pela Assembleia Geral, Conselho de Administração, Comitês de Assessoramento, Diretoria Executiva e Comitês de Gestão.

Cultura e confiabilidade fortalecem o sistema de governança. Há órgãos independentes para garantir a confiabilidade das informações, como auditorias internas e externas. Por meio do Canal de Ética, é assegurado o poder de fala de todos os empregados. Tudo isso tem o objetivo de manter a melhor cultura organizacional. Por sua vez, a transparência e prestação de contas propiciam qualidade das informações financeiras e não financeiras, garantindo melhor comunicação com todos os stakeholders.

Utilizamos cookies y tecnologías similares para mejorar su experiencia, analizar estadísticas y personalizar la publicidad. Al acceder al sitio web, acepta este uso, de acuerdo con la Política de Privacidad.
Aceptar
Administrar