Ibovespa
126.134,58 pts
(-0,29%)
Dólar comercial
R$ 5,64
(-0,28%)
Dólar turismo
R$ 5,86
(-0,18%)
Euro
R$ 6,12
(-0,16%)

Transportadora reduz emissões de CO₂ com transição para veículos a gás natural

Lots Group ainda informou que a troca resultou em uma economia de 30% nos custos de abastecimento
Por Redacción el 27 de septiembre de 2023 a las 9h44
Transportadora reduz emissões de CO₂ com transição para veículos a gás natural
Foto: Divulgação/LOTS Group
Foto: Divulgación/LOTS Group

A Lots Group, empresa pertencente ao grupo Scania, anunciou a redução das emissões de dióxido de carbono (CO₂) em sua operação. Conforme informações do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), o setor de transportes é um dos principais contribuintes para as emissões globais de gases de efeito estufa, sendo responsável por cerca de 20% dessas emissões.

Para enfrentar essa questão, a Lots Group iniciou sua jornada de transição energética em 2021, começando pela frota da unidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo. Nesse primeiro passo, a empresa substituiu quatro caminhões movidos a diesel por novos modelos da Scania movidos a gás natural veicular (GNV).

Após a substituição, em colaboração com o Programa Logística Verde Brasil (PLVB), a Lots Group passou a monitorar os dados relacionados às emissões de poluentes pelos caminhões. Os resultados mostraram que, durante o período analisado, os veículos movidos a GNV conseguiram reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 27% em comparação com os caminhões a diesel. Com a expansão dessa transição para mais veículos em 2022 e 2023, a empresa registrou uma diminuição de 35% nas emissões de CO₂.

"Atualmente, temos 14 caminhões a gás em operação rodoviária na unidade de São Bernardo do Campo, o que representa metade da frota local. Nossa meta é continuar renovando nossa frota e, em breve, alcançar uma operação com 100% de caminhões movidos a combustíveis alternativos ao diesel", explica Rafael Santos, Gerente de Operações Rodoviárias da Lots Group.

Além dos benefícios ambientais, essa transição para veículos a gás natural também está trazendo vantagens econômicas significativas. "O gás natural, como alternativa de combustível, geralmente é mais econômico do que o diesel. Em nosso estudo, observamos uma redução de 30% nos custos de abastecimento após a introdução dos veículos movidos a gás em nossa frota", completou Rafael.
 

LEIA TAMBÉM:

Utilizamos cookies y tecnologías similares para mejorar su experiencia, analizar estadísticas y personalizar la publicidad. Al acceder al sitio web, acepta este uso, de acuerdo con la Política de Privacidad.
Aceptar
Administrar