Ibovespa
124.171,15 pts
(-0,17%)
Dólar comercial
R$ 5,24
(-0,50%)
Dólar turismo
R$ 5,45
(-0,56%)
Euro
R$ 5,60
(-0,02%)

E-commerce deve faturar R$ 273 bilhões até 2027, projeta ABComm

São quase R$ 10 bilhões a mais em cinco anos
Por Redacción el 20 de junio de 2023 a las 10h33
E-commerce deve faturar R$ 273 bilhões até 2027, projeta ABComm
Foto: Reprodução/Pexels
Foto: Reproducción/Pexels

O e-commerce brasileiro deve continuar crescendo nos próximos cinco anos, trazendo impactos ao setor de logística. De acordo com as projeções da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o faturamento do e-commerce deve alcançar a marca R$ 185,7 bilhões em 2023, chegando a R$ 273 bilhões em 2027. São quase R$ 10 bilhões a mais em cinco anos.

Por outro lado, são esperadas 92 bilhões de toneladas de mercadorias em movimentação no setor logístico somente este ano, segundo a pesquisa realizada pela Transparency Market Research.

"O crescimento do e-commerce está diretamente relacionado a toda cadeia produtiva e dos seus componentes. Dentre eles, quem tem um grande destaque é a logística focada na distribuição e envio de produtos. Quanto mais ágil for esse processo, maior será a taxa de entregas dos pedidos e a redução exponencial no tempo de distribuição. Essa eficiência no setor também pode elevar o sucesso de entregas same day, que está cada vez mais se popularizando no Brasil, em especial nos grandes centros urbanos", explica Fernando Sartori, CEO da Uello, empresa especializada em logística de entregas inteligentes.

Para suprir as demandas das grandes varejistas, as empresas têm adaptado sua estrutura comercial, utilizando entre várias plataformas, a SaaS (sigla para Software as a Service) que são feitas para atender as demandas de forma flexível e personalizada. 

LEIA TAMBÉM:

Utilizamos cookies y tecnologías similares para mejorar su experiencia, analizar estadísticas y personalizar la publicidad. Al acceder al sitio web, acepta este uso, de acuerdo con la Política de Privacidad.
Aceptar
Administrar