Ibovespa
122.636,96 pts
(1,07%)
Dólar comercial
R$ 5,39
(-0,92%)
Dólar turismo
R$ 5,60
(-1,09%)
Euro
R$ 5,79
(-0,51%)

Sky Postal quer ser alternativa às grandes

Por Redação em 9 de outubro de 2003 às 11h26 (atualizado em 10/05/2011 às 14h05)

Ser uma alternativa entre as grandes empresas de remessas expressas e os serviços públicos de correio, atendendo a um segmento de mercado carente e com enorme potencial. É com esse foco que a Sky Postal está iniciando suas atividades no Brasil. A empresa é a representante oficial para a América Latina do United States Postal Service (USPS), os correios dos Estados Unidos, o que lhe permite vender, para toda a região, um portfólio de produtos do Brasil para o exterior e no sentido contrário, com tarifas em média 40% menores que as praticadas para serviços similares pelos grandes couriers.

A empresa, com sede em Miami, tem como carro-chefe do portfólio de serviços o Priority Mail, para encomendas com até 32 kg, entregues nos EUA no prazo de 3 a 5 dias úteis, inclusive aos sábados, sem custo adicional. Além dele, há o Express Mail Service, de entrega em todo o mundo, e o Hand Delivery, de entrega porta a porta para toda a América Latina.

"Existe um mercado imenso, completamente desasistido na região, que é o das pequenas e médias empresas e os usuários não-freqüentes, pessoas físicas. Nossa idéia é combinar preços baixos com os benefícios de uma empresa de courier, que são a rastreabilidade dos envios e a confiabilidade da entrega", afirma Alejandro Hernandez, COO da Sky Postal, que está presente nos principais países da América do Sul, Central e Caribe.

Como vantagens, ele cita a tarifa, que começa em US$ 11 para 150 gramas, enquanto que uma grande empresa parte de cerca de US$ 30 para um peso inicial até meio quilo. Segundo a empresa, seu preço pode chegar até a 65% daquele cobrado pelas empresas expressas tradicionais, principalmente no fluxo northbound, ou seja, do Brasil para o exterior. Isto é possível porque, além de não utilizar aeronaves próprias, a Sky Postal oferece prazos maiores, entre três e cinco dias, ao invés do overnight.

A empresa é parceira da Lan Logistics, o braço cargueiro da Lan Chile, e também trabalha com outras major carriers. Para distribuição interna no Brasil, a Sky Postal estará trabalhando com agentes parceiros, que vêm sendo contratados ao longo deste ano.

No Brasil, a empresa conta com dois sócios com grande experiÊncia no setor: o presidente Paulo Portes, vindo de empresas como FedEx, DirecTV e Kaiser, e Maurício Baptista, que também atuou em várias empresas de remessas expressas no Brasil e nos EUA, como Choice Courier, Sky Courier e Skynet Worldwide.

Segundo Alejandro Hernandez, Brasil, México e Argentina são os principais mercados para a empresa, já que são responsáveis por 65% de todo o volume de correspondências para a região. Além de Miami, é intenção da empresa ter outros hubs na regionais, provavelmente no México e Argentina, a princípio.

Sky Postal: (11) 4192-4264
www.skypostal.com

 

 

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar