Ibovespa
130.031,58 pts
(0,09%)
Dólar comercial
R$ 4,94
(0,13%)
Dólar turismo
R$ 5,14
(0,12%)
Euro
R$ 5,34
(0,22%)

Correios inauguram centro internacional de encomendas no interior de SP

A inauguração integra o rol de projetos estratégicos anunciados em maio com foco na modernização da infraestrutura logística
Por Redação em 20 de julho de 2023 às 11h39
Correios inauguram centro internacional de encomendas no interior de SP
Foto: Divulgação/Correios
Foto: Divulgação/Correios

Os Correios inauguraram nesta terça-feira (18), o centro internacional de encomendas, em Valinhos (SP). Esta é a primeira unidade alfandegada instalada fora de uma capital. Até então, o tratamento das importações ficava restrito aos centros localizados nas cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Curitiba (PR).

A estrutura está instalada em um complexo de 44 mil metros quadrados e possui capacidade de tratamento de 60 mil encomendas por dia. Situada em uma região estratégica, às margens da rodovia Anhanguera, a unidade possui fácil acesso aos aeroportos de Guarulhos e Viracopos, além das rodovias dos Bandeirantes, Dom Pedro I e Santos Dumont.

"Na semana passada, abrimos a licitação para construção de um centro de tratamento de encomendas em Brasília. E já havíamos também inaugurado um centro de encomendas em Guarulhos. Somadas, essas iniciativas ultrapassam R$ 400 milhões de reais em investimentos e atestam nosso firme objetivo de dotar os Correios das condições necessárias para se consolidarem como a maior empresa de logística da América Latina", afirmou o presidente da estatal, Fabiano Silva dos Santos.

De acordo com a estatal, a inauguração do centro internacional integra o rol de projetos estratégicos anunciados em maio com foco na modernização da infraestrutura logística. Com o funcionamento do novo centro, os Correios estão ampliando a capacidade de tratamento da carga internacional destinada a todas as regiões do Brasil.

"O objetivo do governo não é apenas modernizar e fortalecer os Correios sob o ponto de vista estrutural e tecnológico, mas também investir em todo o corpo humano, ou seja, nos empregados e empregadas que fazem o dia a dia desta empresa e levam os Correios aos quatro cantos do país", pontuou o ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar