Ibovespa
125.124,30 pts
(0,75%)
Dólar comercial
R$ 5,20
(-0,96%)
Dólar turismo
R$ 5,41
(-1,20%)
Euro
R$ 5,54
(-0,86%)

Michelin lança novos produtos para caminhões que permitem redução de consumo de combustível em até quase 5%

Fabricante de pneus renova linha X Multi, durante evento em São Paulo (SP)
Por Raphael Minho em 15 de junho de 2023 às 9h00
Michelin lança novos produtos para caminhões que permitem redução de consumo de combustível em até quase 5%
Foto: Raphael Minho/Tecnologística
Foto: Raphael Minho/Tecnologística

A Michelin lançou os seus novos produtos que compõem a renovação da linha X Multi destinada para caminhões, durante evento na Vila Olímpia, em São Paulo (SP), nesta quarta-feira (14). A tecnologia dos novos pneus reduz consumo de combustível, taxa de desgaste e emissão de CO² com garantia de outras performances.

Os novos modelos apresentados ao mercado durante o evento foram: X Multi Z2, X Multi Energy Z&D, X Multi Energy Z e X Multi Energy D. De acordo com a fabricante de pneus, as soluções são capazes de reduzir o custo total de operação, oferecer mais segurança e menos impacto ambiental.

De acordo com os dados da Confederação Nacional do Transporte, a qualidade do pneu – e, consequentemente, a redução no consumo de combustível - pode diminuir a emissão de CO² do veículo em até 13%. Os altos custos operacionais, a ocorrência de acidentes e as paradas não programadas estão entre as principais reclamações dos frotistas. Ainda segundo a CNT, 50% dos custos variáveis – que inclui diesel, pneu, manutenção, e lubrificante - são impactados pela qualidade do pneu.

"Quando a gente fala dessa nova nova linha, a gente está falando de 4,7% de redução de combustível, se a gente comparar com os outros principais pneus do mercado, e o combustível hoje em dia é o maior gasto da frota", pontua Vinicius Sperandio, gerente de Produto da Michelin na América do Sul, em entrevista à Tecnologística.

Conforme informações da Michelin, a empresa já possui os novos produtos em estoque e estão disponíveis ao mercado. “A gente trata de ir além dos pneus para poder suportar e apoiar os nossos clientes em todos os desafios, seja no dia a dia da operação, como nos novos desafios relacionados ao ESG”, afirma Boanerges Neto, COO da Michelin Connected Fleet, ao explicar à Tecnologística as tecnologias adotadas pelo grupo nas novas soluções.

Em entrevista com Glauce Ferman, diretora de Comunicação, Marcas e Sustentabilidade da Michelin América do Sul, e Bruna Mesquita, gerente de Sustentabilidade da Michelin na América do Sul, elas comentaram sobre as metas de descarbonização da empresa.

“A gente tem metas a longo prazo, até 2050, que a gente quer, inclusive, chegar a net zero. Recentemente, aderimos a essa campanha que está movimentando toda a sociedade e instituições privadas, então estamos falando de emissões líquidas de carbono zero até 2050”, explica Glauce Ferman dizendo que este é um projeto robusto e que envolve todo o trabalho do grupo, em todas as etapas.

“Essa meta de 2050 tem um marco. Em 2022, nosso último recorte, já estamos em -41% [em emissões de CO²]. [...] A gente tenta engajar a cadeia logística em redução de 15%, em relação a margem de 2018, e os fornecedores que é ter 70% das emissões de CO² nas matérias primas com metas de redução validadas pela SBTi [Science Based Targets]”, completa Bruna Mesquita.

Conheça as características dos novos produtos:

X Multi Z2
Com redução de 13% na resistência ao rolamento, os pneus da X Multi Z2 possuem taxa de desgaste 24% menor em relação ao X Multi Z+. Outra mudança é em relação à quilometragem: aumento de 14% no transporte rodoviário de passageiros e de 10% no transporte de carga rodoviária.

Além disso, os riscos de acidentes também foram mitigados através do uso de tecnologias. O desenho dos pneus, por exemplo, com sulcos mais fechados e ocultos, garante mais controle do veículo em pista molhada, ajuda na mobilidade e, consequentemente, provoca menos desgaste e emissão de CO². 

X Multi Energy Z&D
Os pneus X Multi Energy Z&D são 3,4kg mais leves que a linha anterior, a Z+, com redução de 4% de matéria-prima. Também apresentam 14% de melhoria na taxa de desgaste por quilometragem e até 16% menor resistência ao rolamento que a versão anterior.

Os resultados dos testes sobre eficiência energética e desgaste de pneus, tanto internos, como os auditados pela DEKRA, apresentaram redução de 4,7% de combustível, e consequentemente menor emissão de CO² em comparação com os principais concorrentes do mercado. Para os testes foram usados 10 conjuntos de caminhão trator acoplados a 10 semirreboques de 3 eixos distanciados.

Segundo a empresa, se os pneus forem usados em conjunto com as soluções da Michelin Conected Fleet by SASCAR, o potencial de redução do consumo de combustível do veículo praticamente dobra de valor: a economia total de combustível da frota chega a 9,2% (4,7% do pneu + 4,5% de economia com gestão e telemetria, com câmara de fadiga, rotograma falado e black box).

X Multi Energy Z
De acordo com a fabricante, além da redução de consumo de combustível proporcionada pelo conjunto Energy Z&D, o pneu X Multi Energy Z apresentou taxa de desgaste 12% menor que a versão anterior, gerando menos particulados ao longo de sua utilização. 

As tecnologias da linha X Multi Energy Z proporcionam maior resistência a choques, perfurações e infiltrações, trazendo maior quilometragem total do pneu e redução de custos totais de operação. Além disso, a linha tem maior capacidade de carga (cerca de 7,5T) e mais estabilidade, com redução dos riscos de acidentes também foram mitigados.

X Multi Energy D
Os novos produtos da linha são 3kg mais leves que a linha anterior, a D2, e apresentam uma redução de 14% na resistência ao rolamento sem perder a aderência e mantendo a quilometragem. Possuem ainda taxa de desgaste 24% menor, apresentando redução de consumo de matéria-prima e menor geração de particulado no meio-ambiente. 

Seu desenho da banda de rodagem permite que através dos sulcos mais fechados no início da vida, eles se abram ao longo de sua utilização, fazendo com que o pneu tenha boa aderência no seco e no molhado ao longo de toda a sua utilização, reduzindo a resistência ao rolamento e melhorando a taxa de desgaste.

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar