Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Debate na Câmara de Vereadores aborda colapso da logística reversa de embalagens de agrotóxicos em Passo Fundo (RS)

Evento organizado pela Acisa, Sindicato Rural e Câmara discute soluções para a falta de locais para devolução de embalagens vazias de agrotóxicos
Por Redação em 30 de janeiro de 2024 às 5h07
Debate na Câmara de Vereadores aborda colapso da logística reversa de embalagens de agrotóxicos em Passo Fundo (RS)
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Câmara de Vereadores de Passo Fundo debateu na noite da última quinta-feira (25) o colapso da logística reversa das embalagens vazias de agrotóxicos. O evento foi promovido pela Acisa, Sindicato Rural e Câmara Municipal. Segundo a diretora da Simbalagens, Sandra Rodrigues, a discussão é de extrema importância, pois o sistema de logística reversa não está funcionando na região, deixando os agricultores em uma situação preocupante.

Sandra explica que todo o comércio de defensivos agrícolas tem a obrigação de receber de volta as embalagens vazias para uma unidade de recolhimento. As revendas precisam estar credenciadas na Secretaria da Agricultura e na Fepam para atuarem como depósitos. No entanto, a diretora ressalta que os produtores de mais de 200 municípios estão sem um local adequado para devolver as embalagens usadas.

De acordo com o presidente da Acisa, Evandro Silva, o Sindicato Rural procurou a entidade para discutir uma demanda emergente no município, onde os produtores enfrentam dificuldades para devolver as embalagens vazias de agrotóxicos. Com as embalagens acumuladas nas propriedades, os agricultores correm o risco de serem multados. O debate visou encontrar soluções para esse impasse.

O promotor de Justiça, Paulo Cirne, explicou durante o evento que a empresa Simbalagens, responsável pelo recolhimento das embalagens vazias, está impedida de continuar o serviço devido a irregularidades. Consequentemente, a empresa perdeu a licença junto à Fepam, resultando na paralisação do serviço desde então.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar