Ibovespa
119.630,44 pts
(0,41%)
Dólar comercial
R$ 5,43
(0,22%)
Dólar turismo
R$ 5,63
(0,04%)
Euro
R$ 5,83
(0,26%)

Senior projeta faturamento de R$ 488 milhões e início das operações no exterior

Foco será a América Latina e começará pela presença na Colômbia e no México por meio de aquisições
Por Redação em 11 de março de 2020 às 10h16 (atualizado às 10h37)

A Senior, companhia que desenvolve softwares para gestão, divulga que para 2020 prevê um faturamento de R$ 488 milhões. Segundo a empresa, levando em conta apenas o crescimento orgânico, a meta é registrar um aumento de 17% em relação a 2019. Os planos são arrojados e o objetivo é em 2023 atingir faturamento de R$ 1 bilhão.

A organização informa, ainda, que traça os primeiros passos para iniciar as operações fora do Brasil, iniciativa que deve ser concretizada ao longo deste ano. Além disso, a Senior segue mapeando oportunidades de aquisições no território brasileiro, com o intuito de expandir sua atuação rumo ao crescimento exponencial que planeja.

“Estamos planejando nossa expansão internacional com foco na América Latina, pensando especialmente na Colômbia e no México. Já está definido que a entrada em um desses países será por meio da compra de alguma empresa que tenha produto consolidado localmente. Essa alternativa é menos complexa por dispensar eventuais adaptações que soluções desenvolvidas no Brasil precisam sofrer para atender às exigências fiscais locais”, explica o CEO da Senior, Carlênio Castelo Branco.

Desempenho

A Senior também anuncia os resultados consolidados referentes a 2019. A empresa registrou uma receita de R$ 431 milhões no ano passado, crescimento de 29% em relação a 2018. O avanço das linhas de produtos e os novos negócios contribuíram para a expansão da Senior em 2019, colocando a empresa no caminho do crescimento planejado para 2020 e próximos anos.

O ERP, solução de gestão empresarial, e o HCM, solução de gestão de RH, foram as linhas de produto que mais se destacaram em 2019. O ERP teve um crescimento de 75%, representando 34% do faturamento. O HCM cresceu 42% e registrou um aumento de 15% no faturamento da companhia.

Com novos projetos, a área de gestão de logística – WMS e TMS – avançou 24%, confirmando a tendência de alta nesta linha de produto.

Já a Performance Corporativa, cresceu 45%. Essa linha teve o crescimento impulsionado, principalmente, pelas soluções de CRM, BI, BPM e o bot de atendimento Sara, que se comunica pelo WhatsApp e agiliza consultas referentes ao RH entre a empresa e seus colaboradores 24 horas por dia.

Novos negócios

A companhia também avançou na estratégia de crescer por meio de novos negócios. A aquisição da Mega, realizada em 2018, rendeu frutos positivos e contribuiu com o resultado. “A Senior iniciou o processo de integração da Mega em novembro do ano passado, consolidando ainda mais a empresa como uma marca versátil, capaz de oferecer soluções para os mais variados setores”, destaca Castelo Branco.

Já a aquisição da unidade de Logística TMS da Opentech, com sede em Joinville (SC), resultou na mudança da filial para um novo endereço e contribuiu para um crescimento de cerca de 30% para a unidade de negócios. Outro investimento da Senior foi na Mindsight, de São Paulo, startup HRtech de talent analytics. A solução será parte integrante do HCM para recrutamento e seleção, análise de dados e perfil comportamental. Houve, ainda, a criação da primeira startup interna, a Colabbe. A iniciativa digital, conectada ao HCM para onboarding de colaboradores nas empresas já processou mais de 5 mil admissões.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar