Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Blue Yonder anuncia US$ 1 bilhão em investimentos e o Brasil se torna alvo da multinacional

Empresa de tecnologia está criando uma plataforma de cadeia de suprimentos de próxima geração para alimentar aplicativos cognitivos
Por Redação em 18 de outubro de 2023 às 12h58
Blue Yonder anuncia US$ 1 bilhão em investimentos e o Brasil se torna alvo da multinacional
Foto: Divulgação/Blue Yonder
Foto: Divulgação/Blue Yonder

A Blue Yonder pretende investir US$ 1 bilhão em inovação de produtos para fornecer uma plataforma de última geração, nativa da nuvem, de baixo código e com micro serviços centrados em domínio, que aproveita uma nuvem de dados unificada, oferece suporte à conectividade de ponta a ponta, desde o planejamento até a execução, e é impulsionada por inteligência infinita. Com uma forte presença no México e no Chile, a multinacional agora tem o Brasil em seu radar para a expansão de seus negócios.

A empresa já opera no Brasil, e é uma parceira Microsoft e Snowflake. Jorge Sanchez, vice-presidente da Blue Yonder na América Latina, esteve em São Paulo (SP) em uma agenda de negócios e revelou os planos da multinacional para os próximos anos em uma entrevista exclusiva para a Tecnologística.

"Vamos investir em pesquisa e desenvolvimento. Acreditamos que temos um produto inovador, assim como os outros [produtos], e vamos direcionar esses recursos para nossa plataforma nos próximos três anos, o que representa um investimento de cerca de US$ 330 milhões por ano", explica Jorge Sanchez.

O vice-presidente da Blue Yonder também menciona que a empresa está considerando algumas aquisições na América Latina, mas que esses recursos serão dedicados exclusivamente ao desenvolvimento de seu software, com foco especial em inteligência artificial. Essa solução será destinada à cadeia de suprimentos de próxima geração para alimentar aplicativos cognitivos.

A nova solução da Blue Yonder está sendo desenvolvida em três verticais: indústria, comércio e logística. De acordo com Sanchez, o software facilitará a entrega de dados relacionados à produção, armazenamento, transporte e venda em um local centralizado.

Sustentabilidade
Atentos ao debate global sobre sustentabilidade e transição energética, Sanchez ressalta que o software incluirá dados relacionados às emissões de carbono em todos os modos de transporte de mercadorias, facilitando a decisão do cliente sobre qual modal usar em suas operações de distribuição.

Blue Yonder anuncia US$ 1 bilhão em investimentos e o Brasil se torna alvo da multinacional
Foto: Roxana Varela/Blue Yonder

"Temos dedicado bastante esforço para que nossas soluções possam oferecer suporte nesse aspecto aos clientes. [...] Nossa plataforma permite que o cliente dedique seu tempo a tomar decisões eficientes e eficazes com base em informações sobre as emissões de carbono. Toda nossa plataforma está focada nisso, na otimização e eficiência dos processos."

Crescimento do nearshoring na América Latina
O nearshoring deve impulsionar a economia da América Latina com US$ 78 bilhões por ano em exportações, de acordo com as projeções do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Deste montante, o México deve ficar com US$ 35,5 bilhões, o que representa 45% do total. Para Sanchez, essa é uma grande oportunidade para a empresa, que, segundo ele, tem experimentado um aumento na demanda por suas soluções no mercado.

"Temos visto um aumento nas demandas por nossas soluções devido ao nearshoring, especialmente no setor automotivo devido ao crescimento das instalações do setor no México e em partes da América Central e América do Sul", afirma.

O executivo também menciona que há uma grande demanda por soluções não apenas de novos clientes, mas também de clientes antigos que estão expandindo seus negócios e, em ambos os casos, buscam tecnologias aliadas à inteligência artificial.

Micros serviços
Conforme a empresa, esta será a abordagem que permitirá que os clientes expandam e aprimorem as tecnologias existentes com soluções baseadas em micro serviços, transformando as funções de negócios na velocidade e escala certas para a empresa.

"Vamos construir nossos aplicativos em nossa base de dados Snowflake, o que nos proporcionará uma enorme competitividade em velocidade e armazenamento de dados", diz Sanchez.

Com isso, a empresa espera oferecer uma implantação mais rápida, menor custo total de propriedade e atualizações mais suaves, que podem ser implementadas de forma independente, sem interrupções e sem afetar os recursos adjacentes.


LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar