Ibovespa
129.020,02 pts
(-0,87%)
Dólar comercial
R$ 4,97
(0,06%)
Dólar turismo
R$ 5,17
(0,14%)
Euro
R$ 5,37
(-0,21%)

54% dos internautas da Tecnologística esperam um crescimento acentuado na logística brasileira em 2024

Enquete promovida pelo portal apontou otimismo do segmento para este ano no país
Por Redação em 15 de janeiro de 2024 às 15h40
54% dos internautas da Tecnologística esperam um crescimento acentuado na logística brasileira em 2024
Foto: Reprodução/Pixabay
Foto: Reprodução/Pixabay

Em enquete promovida pela Tecnologística no LinkedIn, rede social corporativa, os internautas puderam opinar sobre as suas expectativas para o segmento de logística no Brasil em 2024. A enquete que ficou disponível durante uma semana apontou que os leitores estão otimistas para este ano no país.

Para 54% dos internautas que responderam a pergunta, o segmento deve ter um crescimento acentuado durante 2024 no Brasil. Outros 41% esperam um crescimento razoável e 5% dos leitores acreditam que o setor deve estagnar. Ninguém respondeu que acredita que a logística brasileira deve retroceder este ano.

A enquete foi realizada no período de 3 a 9 de janeiro de 2024 e contou com 74 votos, de pessoas ligadas ao setor, em diferentes cargos.

Geração de emprego no setor de logística deve crescer 29% no 1º trimestre de 2024, aponta pesquisa
O ManpowerGroup divulgou a Pesquisa de Expectativa de Emprego para o 1º Trimestre de 2024, destacando uma estabilidade nas intenções de contratação tanto no âmbito nacional quanto global. No cenário brasileiro, a pesquisa revela uma expectativa de emprego positiva, com uma projeção de +32% para o 1º trimestre de 2024. Esse índice representa um crescimento de 5 pontos percentuais em comparação com o mesmo período de 2023, que registrou +27%. O levantamento analisa a diferença entre empregadores que planejam contratar e aqueles que planejam reduzir suas equipes.

A segmentação por setores destaca que Saúde & Ciências da Vida (46%), Tecnologia da Informação (45%), Finanças & Imobiliário (42%), Energia & Serviços de Utilidade Pública (36%), Transporte, Logística & Automotivo (29%), Indústria & Materiais (28%) e Bens de Consumo & Serviços (25%) são os segmentos com as maiores expectativas de demanda por novas contratações no Brasil.

 

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar