Ibovespa
124.171,15 pts
(-0,17%)
Dólar comercial
R$ 5,24
(-0,50%)
Dólar turismo
R$ 5,45
(-0,56%)
Euro
R$ 5,60
(-0,02%)

Brasil registra melhor resultado da história em movimentação portuária, no 1º semestre de 2023

Ministério de Portos e Aeroportos promoveu a premiação "Portos + Brasil" para reconhecer as boas práticas de gestão dos portos
Por Redação em 30 de agosto de 2023 às 11h02
Brasil registra melhor resultado da história em movimentação portuária, no 1º semestre  de 2023
Porto de Paranaguá (Foto: Divulgação/Portos do Paraná)
Porto de Paranaguá (Foto: Divulgação/Portos do Paraná)

O Brasil registrou no primeiro semestre de 2023, o melhor resultado da série histórica na movimentação portuária, com mais de 616 milhões de toneladas de cargas transportadas. O resultado representa um crescimento de 6,38% em relação ao mesmo período de 2022, de acordo com a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

“Através dos portos, o Brasil cresceu e acabou se tornando uma nação importante no mundo. Temos a vantagem de contar com um modelo híbrido de portos públicos e privados e agora caminhamos para baratear o custo”, afirmou o ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França.

Para celebrar esse recorde, o Ministério de Portos e Aeroportos promoveu uma premiação, o "Portos + Brasil", para reconhecer as boas práticas de gestão dos portos.

Premiação
A empresa pública estadual Portos do Paraná recebeu o principal troféu, na categoria “Prêmio IGAP”, resultado da somatória de 15 indicadores do Índice de Gestão da Autoridade Portuária (IGAP), principal balizador da administração dos portos públicos brasileiros.

Brasil registra melhor resultado da história em movimentação portuária, no 1º semestre  de 2023
Foto: Divulgação/Ministério de Portos e Aeroportos

Os três primeiros colocados em cada uma das dez categorias do “Portos + Brasil” foram definidos com base na análise de critérios de eficiência na gestão financeira, logística e operacional dos terminais.

Confira abaixo as categorias e os respectivos premiados:

Ranking IGAP
1º Lugar: Portos do Paraná
2º Lugar: Emap – Empresa Paraense de Administração Portuária
3° Lugar: Suape – Complexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros

Avanço IGAP
1º Lugar: Companhia Docas de São Sebastião
2º Lugar: SCPAR – Porto de Imbituba
3° Lugar: Companhia Docas de Santana

Execução de Investimentos Planejados
1º Lugar: Companhia Docas da Paraíba
2º Lugar: Suape – Complexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros
3° Lugar: Porto de Itajaí

Variação do Lucro Operacional – EBITDA
1º Lugar: Portos do Paraná
2º Lugar: Sociedade de Portos e Hidrovias do Estado de Rondônia
3° Lugar: Companhia Docas do Ceará

Crescimento da Movimentação Total dos Portos Públicos
1º Lugar: CDP – Porto de Santarém
2º Lugar: Suape – Porto de Suape
3° Lugar: APS – Porto de Santos

Crescimento da Movimentação Total dos TUPs
1º Lugar: Terminal Vila do Conde
2º Lugar: Terminal de Grãos Ponta da Montanha
3° Lugar: Terminal Portuário de Cotegipe

Crescimento da Movimentação "Granel Sólido"
1º Lugar: Terminal Vila do Conde
2º Lugar: Terminal de Grãos Ponta da Montanha
3° Lugar: Companhia Docas do Pará – Porto de Santarém

Crescimento da Movimentação "Granel Líquido"
1º Lugar: Suape – Porto de Suape
2º Lugar: Terminal Aquaviário de Madre de Deus
3° Lugar: Cattalini Terminais Marítimos

Crescimento da Movimentação “Carga Geral
1º Lugar: APS – Porto de Santos
2º Lugar: Portos do Paraná – Porto de Paranaguá
3° Lugar: DP World Santos

Crescimento da Movimentação "Contêineres"
1º Lugar: PortosRio – Porto do Rio de Janeiro
2º Lugar: Porto de Itapoá
3° Lugar: DP World Santos


LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar