Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Porto de Imbituba, em SC, se mantém em alta na movimentação de cargas em novembro

Em novembro, o Porto de Imbituba movimentou 699.745 toneladas, um crescimento de 20% em relação ao mesmo período do ano anterior
Por Redação em 18 de dezembro de 2023 às 10h37
Porto de Imbituba, em SC, se mantém em alta na movimentação de cargas em novembro
Foto: Divulgação / SCPAR Porto de Imbituba
Foto: Divulgação / SCPAR Porto de Imbituba

As fortes chuvas em Santa Catarina, que motivaram o fechamento do Porto de Navegantes, estão impulsionando uma onda de crescimento das operações de comércio exterior no Porto de Imbituba. O porto teve um aumento de oito vezes na movimentação de contêineres em outubro, passando de uma média semanal de 1.250 para 7.000 unidades. No mês de novembro, o porto registrou a movimentação de 699.745 toneladas, um crescimento de 20% em relação ao mesmo período do ano anterior e de 23% em relação ao mês passado.

Somente a Tek Trade, empresa brasileira especializada em comércio exterior, movimentou pelo porto do Sul do estado cerca de R$ 1 milhão em peças que serão enviadas para São Paulo (SP) para indústria automotiva. “O Porto de Imbituba é especializado em cargas soltas, principalmente granéis sólidos como sal, farelo de milho e soja, porém, com o fechamento da Barra do Rio Itajaí-Açú, devido ao excesso de chuvas, o que impactou no Porto de Navegantes em operação, foi responsável por auxiliar na operação de contêineres. Como o porto de Imbituba está em uma área abrigada, com localização estratégica em águas profundas e perto da BR-101, apesar das dificuldades operacionais, contribuiu para a realização e certa normalização dos serviços de comércio exterior no estado”, diz o diretor da Tek Trade, Sandro Marin.  

Nos meses de outubro e novembro de 2023, o Porto de Navegantes ficou 21 dias sem operar e 50 navios não conseguiram acessar o complexo portuário. Já o porto de Imbituba estima que até o final do ano 7,3 milhões de toneladas sejam movimentadas pelo complexo, um crescimento de 2,5% em relação ao ano anterior.

Nos cinco portos de Santa Catarina, Itajaí, Itapoá, Navegantes, São Francisco do Sul e Imbituba, a movimentação de cargas cresceu 7,94% nos primeiros oito meses deste ano, em relação ao mesmo período de 2022. O resultado catarinense é superior à média nacional que foi de 5,72%, segundo dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) divulgados pelo Governo do Estado. Na movimentação específica de contêineres, Santa Catarina tem o melhor desempenho entre os estados do Sul e tem dois, Portonave e Porto Itapoá, entre os quatro maiores portos do país.

 

LEIA MAIS:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar