Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Portos do Paraná estreita ligação com a Holanda por energia verde

Empresa dos Países Baixos, voltada para logística sustentável, está fazendo estudo de mercado para explorar potencial de inovação em Paranaguá e Antonina
Por Redação em 22 de dezembro de 2023 às 9h00
Portos do Paraná estreita ligação com a Holanda por energia verde
Foto: Rodrigo Sell / Portos do Paraná
Foto: Rodrigo Sell / Portos do Paraná

A Portos do Paraná recebeu nesta semana a visita de Ties de Leijer, gerente de projetos da Netherlands Expert Group for Sustainable Transport (Nestra), consultoria holandesa especializada em Logística Sustentável. O objetivo é a realização de um estudo de mercado que a empresa está realizando para avaliar as possibilidades de investimentos de empreendimentos dos Países Baixos em tecnologias verdes e desenvolvimento verde para os Portos de Paranaguá e Antonina. O gerente foi recepcionado pelo Secretário Geral da Portos do Paraná, Felipe Gama, que apresentou toda a estrutura portuária paranaense.

“Trata-se de um desdobramento do Green Ports Partnership, onde a Nestra, uma empresa que opera internacionalmente na área de desenvolvimento de portos sustentáveis, navegação fluvial e energia verde, foi contratada pelo Consulado Geral dos Países Baixos no Rio de Janeiro para mapear as possibilidades de investimento e colaboração para empresas holandesas junto à Portos do Paraná enquanto parceira signatária, nas áreas de desenvolvimento portuário, logística e energia verde”, explicou Gama.

Foram realizadas reuniões com as diretorias de Operações, com o diretor Gabriel Vieira, com a diretoria de Meio ambiente, do diretor João Paulo Santana, representado pelo gerente de Meio Ambiente, Thales Schwanka, e a coordenadora de Planejamento e Licenciamento Kellyn Cristina Carneiro, além de conhecer as estruturas portuárias de Paranaguá e Antonina, onde também se reuniu com o presidente do Porto da Ponta do Felix, Gilberto Birkhan.

“Nossas discussões mergulharam nas possibilidades de aprimorar a sustentabilidade do porto. É inspirador ver como os Portos de Paraná já estão pavimentando o caminho para um futuro mais verde. Estamos entusiasmados com as perspectivas de conectar empresas holandesas com setores específicos identificados em nosso estudo, fomentando uma sinergia vibrante entre os Países Baixos e o Brasil”, afirmou Leijer.

Para Gama, as visitas técnicas do representante neerlandês aos portos paranaenses permitiram mostrar o porquê a Portos do Paraná ser reconhecida como a vanguarda do setor público portuário nas ações ESG e de Sustentabilidade, o que também possibilitou que o Porto de Paranaguá seja o único porto público com o selo ECOPORTS.

“Foram reuniões técnicas multidisciplinares onde a logística e o desenvolvimento portuário não prescindiram em nenhum momento do enfoque em sustentabilidade e energia verde, tendo o hidrogênio verde como pauta prospectiva central para o atendimento da existente e crescente demanda europeia para o combustível”, apontou.

Segundo o representante neerlandês, os Portos de Paranaguá e Antonina têm muitas possibilidades de aprimorar ainda mais a área de Sustentabilidade. “Eu não conhecia o Porto ainda, mas pelas apresentações que eu vi percebi que há muito potencial. A Portos do Paraná já está pensando muito nessas tecnologias verdes que fazem o Porto se adaptar para lidar com o futuro e vou mostrar isso aos Países Baixos, para que eles vejam como a empresa poderia ajudar a aproveitar esse potencial”, finalizou o gerente de projetos.

 

LEIA MAIS:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar