Ibovespa
124.757,04 pts
(-0,46%)
Dólar comercial
R$ 5,26
(1,49%)
Dólar turismo
R$ 5,49
(1,70%)
Euro
R$ 5,59
(1,47%)

Porto Sudeste recebe navio tipo Wozmax

O Wozmax é o maior navio de granel sólido a atracar nas águas internas da baía de Sepetiba e no Porto Sudeste
Por Redação em 26 de fevereiro de 2024 às 12h42
Porto Sudeste recebe navio tipo Wozmax
Foto: Divulgação / Porto Sudeste
Foto: Divulgação / Porto Sudeste

O Porto Sudeste recebeu pela primeira vez o Cape Apollo, navio da classe Wozmax com 327 metros de comprimento, equivalente a três campos de futebol. A embarcação, que representa uma revolução em termos de capacidade de carga e eficiência logística, chegou na segunda-feira (19) e partiu quarta-feira (21), transportando 225 mil toneladas de minério de ferro. O carregamento desta embarcação somente foi possível devido ao novo calado operacional do Porto Sudeste, que passou de 17,80m para 18,30 metros. O Wozmax é o maior navio de granel sólido a atracar nas águas internas da baía de Sepetiba e no Porto Sudeste.

“A chegada do Wozmax é a conclusão de uma etapa de desenvolvimento do Porto Sudeste que sonhávamos desde o início, quando foi concebido. O minério de ferro é uma commoditie que demanda volume e com essa classe de navios conseguimos uma competitividade muito maior. É um tremendo avanço do nosso negócio, mas também resultado de muito foco, resiliência e determinação dos profissionais do Porto em perseguir essa meta” disse Guilherme Caiado, Diretor de Operações. “Essa nova marca amplia a nossa competitividade, uma vez que otimiza a utilização do berço, reduz os custos operacionais e melhora o valor do frete”, complementa.

Resultado de um esforço pioneiro, o atual calado permite a entrada de navios de grande porte, como os do tipo Wozmax. Chegar à profundidade atual envolveu uma engenhosidade aplicada na derrocagem, utilizando um método com fio diamantado, fundamental para alcançar essa nova profundidade. Conduzido pela empresa UMI SAN – Hidrografia e Engenharia, ele não apenas elevou a capacidade do Porto Sudeste, mas também estabeleceu novos padrões ambientais e de segurança.

Essa conquista também representa um compromisso com a redução de emissões de gases de efeito estufa, contribuindo para metas ambientais e redução da pegada de carbono. Com a ampliação da profundidade do calado, o escoamento de minério e de outros produtos poderão ser realizados em embarcações com mais capacidade de carga.

Para o Porto Sudeste, o Wozmax também abriu as portas para uma nova era de eficiência operacional. A capacidade de transportar 225 mil toneladas de minério de ferro em uma única viagem otimiza a operação do porto, além de evitar um maior gasto de combustíveis fósseis. Segundo a empresa, o aumento em 50 cm no calado permite a entrada de navios de maior porte que transportam 30 mil toneladas, um acréscimo que corresponde a cerca de dois trens de 136 vagões.

 

LEIA MAIS:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar