Ibovespa
124.845,69 pts
(-0,39%)
Dólar comercial
R$ 5,26
(1,52%)
Dólar turismo
R$ 5,49
(1,70%)
Euro
R$ 5,59
(1,46%)

Ministro anuncia investimentos bilionários no Porto de Santos

Silvio Costa Filho detalha plano de aportes de R$ 21,28 bilhões para o período de 2024 a 2028
Por Redação em 13 de março de 2024 às 6h03
Ministro anuncia investimentos bilionários no Porto de Santos
Foto: Divulgação/APS
Foto: Divulgação/APS

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, revelou nesta segunda-feira (11), durante sua visita à Autoridade Portuária de Santos, um ambicioso plano de investimentos no Porto de Santos, totalizando R$ 21,28 bilhões. Este financiamento abrangerá recursos públicos, parcerias público-privadas (PPP) e investimentos estritamente privados ao longo dos próximos quatro anos.

Doze projetos estratégicos compõem o Plano de Investimentos delineado pelo Ministério de Portos e Aeroportos em conjunto com a Autoridade Portuária de Santos (APS), representando o maior influxo de capital planejado para o Porto de Santos até o momento.

Um dos principais projetos incluídos é a construção do túnel Santos-Guarujá, que receberá R$ 6 bilhões, compartilhados igualmente entre os governos Federal e Estadual de São Paulo. Outras iniciativas, como a transferência do terminal de passageiros para o Valongo e a Ferrovia Interna do Porto de Santos (Fips), também estão previstas para receber aportes significativos.

O ministro destacou que a transferência do terminal de passageiros para o Valongo receberá investimentos federais e privados no valor de R$ 1,4 bilhão, com a intenção de criar um polo turístico em Santos. A Fips, por sua vez, receberá R$ 1 bilhão em investimentos nos cinco primeiros anos do contrato, com o objetivo de aumentar a capacidade de transporte de cargas por ferrovia.

Além disso, o aprofundamento do canal de navegação do Porto de Santos para 16 metros será realizado com um investimento de R$ 324,1 milhões nos próximos cinco anos. Outros projetos incluem a construção da segunda etapa da Avenida Perimetral de Guarujá, melhorias na margem direita (Alemoa) e investimentos em terminais privados que somam R$ 8,68 bilhões.


LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar