Ibovespa
121.341,13 pts
(0,74%)
Dólar comercial
R$ 5,44
(-0,39%)
Dólar turismo
R$ 5,66
(-0,05%)
Euro
R$ 5,82
(-0,51%)

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte recebe Antonov AN-124

Equipamento transportado foi um Munhão 51,5 toneladas que compõe o moinho de bolas e responsável pela sustentação da carga de polpa
Por Redação em 30 de setembro de 2021 às 12h41 (atualizado às 12h48)

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, recebeu a segunda maior aeronave do mundo. O Antonov AN-124 pousou no terminal transportando um equipamento da mineradora Anglo American. A operação, que saiu da Alemanha, passou por Cabo Verde, na África, e seguiu para Minas Gerais, demandou licenças especiais de transporte, que foram viabilizadas pela DHL Global Forwarding.

O equipamento transportado no Antonov foi um Munhão, peça que compõe o moinho de bolas e responsável pela sustentação da carga de polpa, corpo moedor e o peso do próprio moinho para a movimentação do mesmo em uma das etapas do processo de redução do minério de ferro.

Após o recebimento da peça, a Anglo American usará superguindastes para içar o equipamento e efetuar a instalação em sua planta localizada no município de Conceição do Mato Dentro (MG). Vale ressaltar que o transporte da peça necessitou de licenças específicas do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), já adquiridas pela empresa, tendo em vista o tamanho do maquinário que tem 51,5 toneladas.

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte recebe Antonov AN-124
Divulgação

“Para garantir o sucesso do transporte de nosso equipamento, avaliamos cuidadosamente questões logísticas, de prazo, de segurança da operação e de escolha dos nossos parceiros. Agradecemos o cuidado e empenho de todos para garantir a efetividade e a rapidez da operação”, afirma o presidente da Anglo American no Brasil, Wilfred Bruijn.

Para que a operação com o Antonov fosse viabilizada, equipes das áreas de Soluções Logísticas Integradas, Operações e também de Segurança do aeroporto atuaram em conjunto com a empresa dona do equipamento, dedicados em avaliar a operacionalidade do voo com todos os processos de prevenção, uma vez que se tratava de uma aeronave gigante.

“Desde que o voo foi confirmado com a Anglo American e a DHL, iniciamos uma série de ações para determinar procedimentos específicos para esse voo. É a primeira vez, nesses sete anos de concessão da BH Airport, que recebemos essa aeronave e estamos muito satisfeitos por realizar a operação. Somos um hub logístico multimodal e esperamos viabilizar, em breve, mais cargueiros como esse, além de novas operações especiais”, diz o gestor de Soluções Logísticas Integradas da BH Airport, Marcelo Farias.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar