Ibovespa
119.662,38 pts
(0,08%)
Dólar comercial
R$ 5,38
(0,28%)
Dólar turismo
R$ 5,58
(0,03%)
Euro
R$ 5,76
(-0,05%)

Maersk lança rede própria de frete aéreo

Maersk Air Cargo surge para atender demanda global por logística integrada
Por Redação em 19 de abril de 2022 às 13h30
Maersk lança rede própria de frete aéreo

A A.P. Moller - Maersk anunciou, neste mês de abril, o lançamento da Maersk Air Cargo, rede de frete aéreo do grupo que nasceu com o objetivo de atender à demanda global por logística integrada. A companhia escolheu o Aeroporto de Billund, na Dinamarca, como seu hub de frete aéreo com voos diários. 

Segundo o chefe global de Logística e Serviços da A.P. Moller - Maersk, Aymeric Chandavoine, o frete aéreo proporciona flexibilidade e agilidade nas cadeias de suprimentos globais, permitindo que os clientes enfrentem os desafios críticos da cadeia de suprimentos, enquanto oferece opções de transporte para cargas de alto valor. “Acreditamos firmemente em trabalhar em estreita colaboração com nossos clientes. Portanto, é fundamental para a Maersk também aumentar nossa presença no setor global de carga aérea, introduzindo a Maersk Air Cargo para atender ainda melhor às necessidades”, comenta. 

De acordo com a própria companhia, como um serviço independente a Maersk Air Freight pode ajudar os clientes a aproveitar ao máximo as oportunidades. Quando combinado com serviços marítimos, terrestres, de armazenamento e alfandegários, isso deverá impulsionar ainda mais a cadeia de suprimentos. 

A nova empresa de frete aéreo é resultado da transferência das atividades da operadora de aeronaves Star Air para a Maersk Air Cargo. O processo de transferência recebeu o apoio de clientes, fornecedores, funcionários e da autoridade de aviação civil dinamarquesa. 

Para o chefe global do departamento de Ar e LC da A.P. Moller - Maersk, Torben Bengtsson, esse é um passo importante na estratégia da Maersk Air Freight, pois permitirá a oferta de uma combinação verdadeiramente única de frete aéreo integrado a outros modos de transporte. “Vemos uma demanda crescente e contínua por carga aérea, tanto hoje quanto no futuro, bem como uma demanda crescente por logística de ponta a ponta, por isso é importante fortalecer nossa capacidade de controle próprio e avançar ainda mais em nossa estratégia de frete aéreo”, explica. 

A Maersk Air Cargo irá progressivamente implantar e operar uma capacidade controlada de cinco aeronaves, sendo dois novos B777F e três cargueiros B767-300 arrendados. Três novos cargueiros B767-300 também serão adicionados à operação entre Estados Unidos e China, que será inicialmente feita por uma operadora terceirizada. Espera-se que as novas aeronaves estejam operacionais a partir do segundo semestre de 2022 e até 2024. 

“Tivemos crescimento, desafiamos a pandemia e estabelecemos um novo ano recorde em carga em 2021. Isso não acontece sem bons parceiros, e fazemos o que podemos para tornar nossos parceiros bons. Agora, a Maersk Air Cargo entra no palco do Aeroporto de Billund e o eleva. Estamos incrivelmente orgulhosos por sermos escolhidos como o hub europeu da Maersk para frete aéreo e esperamos desenvolver a colaboração para novos patamares”, comemora o CEO do aeroporto, Jan Hessellund. 

A Maersk pretende ter aproximadamente um terço de sua tonelagem aérea anual transportada dentro de sua própria rede de frete controlada.  Espera-se que a Maersk Air Cargo esteja totalmente operacional a partir do segundo semestre de 2022.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar