Sexta-feira, 22 de novembro de 2019 - 11h30
Riogaleão Cargo é recertificado com o Ceiv Pharma da Iata
Terminal apresenta qualidade e confiabilidade nos serviços prestados à indústria farmacêutica

O Riogaleão Cargo recebeu, neste mês de novembro, a recertificação Ceiv Pharma da International Air Transport Association (Iata), que atesta terminais logísticos que apresentam qualidade e confiabilidade nos serviços prestados à indústria farmacêutica. A primeira certificação ocorreu em 2016 e, agora, reconhece a manutenção das boas práticas adotadas no terminal, infraestrutura e processos de armazenamento de produtos farmacêuticos, incluindo os que exigem temperatura controlada, além do constante treinamento dos profissionais envolvidos.

A certificação Ceiv Pharma é um programa adotado mundialmente que consiste em auditorias e treinamentos técnicos. O processo precisa ser revalidado a cada três anos. Para conquistar a recertificação, as equipes do Riogaleão Cargo passaram por uma série de treinamentos da Iata, que abrangem as tendências mais recentes para garantir operações de alta qualidade pertinentes à qualificação e à especialização de processos e equipes.

As capacitações abordaram temas como gerenciamento de riscos, auditoria interna, análise de não conformidades, gestão de mudanças, controles operacionais e Service Level Agreement (SLA). Todos os conteúdos foram revisados com base em requisitos relacionados ao Sistema de Gestão da Qualidade, e com foco no atendimento às melhores práticas do setor de carga aérea, para armazenamento, aceitação e manuseio dos produtos farmacêuticos.

“A busca por excelência precisa ser um exercício permanente. A conquista da recertificação Ceiv Pharma mostra que estamos mantendo nosso foco na superação, para prestar sempre os melhores serviços aos nossos clientes, adotando as melhores práticas na movimentação de produtos do setor farmacêutico”, diz o diretor do Riogaleão Cargo, Patrick Fehring.

Responsável por ministrar os workshops Temperature Controlled Cargo Operations e Audit, Quality and Risk Management for Temperature Control Cargo, a validadora da Iata, Carmen Martínez, explica que, juntos, os dois workshops totalizaram mais de 64 horas de treinamento, intercalando conteúdo teórico, dinâmicas de grupo e visitas técnicas às instalações de temperatura controlada dos terminais.