Sexta-feira, 15 de maio de 2020 - 11h58
Dachser intensifica voos charter para o transporte de itens de combate ao coronavírus
Desde o final de fevereiro, a companhia já fretou um total de 30 aeronaves

A Dachser Air & Sea Logistics informa que organizou, no final do mês de abril, pela primeira vez na história da empresa, oito voos charter em apenas uma semana. As operações fazem parte do contexto de mercado que surgiu devido à crise do coronavírus. De acordo com a própria Dachser, desde o final de fevereiro a companhia já fretou um total de 30 aeronaves e transportou para seus clientes mais de 60 milhões de máscaras respiratórias, além de itens médicos, como equipamentos de proteção individual e luvas.

Dos oito voos, três operaram na rota entre Hong Kong e Los Angeles, nos Estados Unidos. “Com esses voos, podemos oferecer aos nossos clientes acesso à capacidade de todas as filiais da Dachser nos Estados Unidos e de vários locais da América Latina”, diz Timo Stroh, chefe de Frete Aéreo Global da companhia. A Dachser informa que está preparando também os chamados minifretamentos aéreos para as conexões Xangai-Dallas, Xangai-Los Angeles e Hong Kong-Dallas.

Ao organizar tais voos fretados, a provedora de logística apoia seus clientes no fornecimento de importantes produtos médicos e, ao mesmo tempo, compensa o declínio na capacidade de frete aéreo, que diminuiu pela metade devido à pandemia global e às suspensões dos voos de passageiros. “Isso se tornou um negócio importante em um mercado muito difícil para a Dachser Air & Sea Logistics. Mas, ao mesmo tempo, há uma sensação de motivação e satisfação de que estamos fazendo algo relevante e útil para a sociedade”, finaliza Stroh.