Quinta-feira, 28 de novembro de 2019 - 11h42
Riogaleão inaugura o armazém geral RiogaleãoLog
Empreendimento permite que importadores e exportadores concentrem suas atividades em um único local

O Riogaleão Cargo, responsável pelo negócio de cargas do Aeroporto Internacional Tom Jobim, localizado no Rio de Janeiro, inaugurou oficialmente ontem, dia 27 de novembro, o RiogaleãoLog, um armazém geral que tem como objetivo permitir que importadores e exportadores concentrem suas atividades em um único espaço, proporcionando mais segurança e eficiência logística.

Com 8 mil m², o espaço ocupa um prédio que no passado foi utilizado pela VarigLog, localizado ao lado do terminal de cargas (Teca) do aeroporto. A concessionária investiu mais de R$ 15 milhões em reformas para transformar a estrutura em um armazém moderno, dividido em quatro galpões, seguindo o conceito de um condomínio logístico.

O diretor de Negócios Aéreos do Riogaleão, Patrick Fehring, explica que manter operações dentro da área do próprio aeroporto gera redução de tempo, risco e custo logístico para as empresas, eliminando a necessidade de encaminhar a carga para um centro de distribuição externo, por exemplo, antes da distribuição, muitas vezes realizada passando pelo próprio aeroporto novamente, para ser transportada por companhias aéreas domésticas.

Patrick Fehring, diretor de Negócios Aéreos do Riogaleão. Crédito: Divulgação

As empresas AGS Holding e Modern Logistics já estão ocupando galpões no RiogaleãoLog. “Investiremos cerca de R$ 20 milhões nesse projeto, ao longo do contrato, em infraestrutura, pessoal e aumento de frota. A AGS acredita muito no uso dessas áreas aeroportuárias para fazer distribuição”, conta o CEO e fundador da companhia, Alexandre Gulla.

O espaço da AGS possui estanterias e uma área para o armazenamento de cargas superdimensionadas, como helicópteros e hélices. Além disso, Gulla indica que a companhia está realizando a aquisição de um sorter, que será utilizado para a movimentação interna de itens menores e alcançará os dois pisos do mezanino do RiogaleãoLog.

A AGS, que atua no gerenciamento completo de serviços logísticos ao redor do globo, já tem planos para expandir a utilização do empreendimento, ocupando mais um galpão. Sem revelar mais detalhes, Gulla explica que existe a possibilidade de a companhia investir na transformação desse segundo espaço em um armazém com temperatura controlada. No módulo já ocupado atualmente, a AGS mantém uma câmara operando nessas condições, em especial para o armazenamento de frutas.

A Modern, por sua vez, customizou seu espaço no RiogaleãoLog para receber cargas das mais diversas especificações. Para o operador logístico rodoáereo, que conta com frota aérea cargueira própria, o RiogaleãoLog apresenta o grande diferencial de oferecer acesso direto à pista do aeroporto, agilizando os processos de carga e descarga das aeronaves.

“O Rio de Janeiro é mais uma rota estratégica para o plano de expansão da Modern. Queremos chegar a cada vez mais destinos, estimulando economias locais e o crescimento industrial, além de garantir que produtos cheguem aos consumidores com eficiência e rapidez” analisa Joyce Doutel, vice-presidente da companhia, que opera quatro frequências regulares semanais no Riogaleão.

De acordo com Fehring, a inauguração do Riogaleão Log reforça o posicionamento do Riogaleão Cargo como um uma plataforma logística eficiente e um dos principais hubs para o modal aéreo de comércio exterior no país, além de ser o primeiro passo rumo a um novo conceito de integração e aprimoramento da logística de cargas no aeroporto. Já no ano que vem terá início a construção de outro empreendimento logístico dentro da área do Riogaleão, desta vez com 50 mil m².

“E não vamos parar por aqui. Em breve, vamos também oferecer serviços de entrepostagem aduaneira e depósito alfandegado certificado (DAC) no Teca. Com esses avanços, estamos criando um verdadeiro condomínio de logística integrada, onde os nossos clientes podem resolver mais do que só importar e exportar as suas cargas” finaliza o executivo.