Sexta-feira, 24 de julho de 2020 - 9h15
Sovos e Blue Yonder estabelecem acordo para conectar sistemas de logística e determinação de impostos
Complexidade da rede de distribuição no Brasil exige que a localização de plantas de manufatura seja definida considerando os custos e os impostos aplicados em cada território

A Sovos, que atua no segmento de tratamento fiscal, e a Blue Yonder, companhia de soluções de gerenciamento de transportes, anunciaram um acordo para atender empresas de diversos segmentos que buscam uma conexão entre sistemas de logística e determinação de impostos.

A implementação no Brasil, de acordo com as companhias, é estratégica e serve para capacitar o projeto para uma extensão global. Isso porque o país tem uma das mais complexas redes de distribuição do mundo, o que exige que a localização de plantas de manufatura seja definida considerando os custos e os impostos aplicados em cada localidade.

A complexidade desse cenário gera dificuldade de adaptação de sistemas com a legislação local na área de determinação de impostos, que engloba cálculo de impostos, frete, automação de notas fiscais de entrada e saída e obrigações fiscais.

A solução da Sovos foi escolhida por se integrar com a oferta de gerenciamento de transportes da Blue Yonder, o que irá gerar a visibilidade de todos os processos da cadeia produtiva dos clientes, desde a entrada de insumos, até o processamento e a distribuição dos produtos.

“A Blue Yonder busca constantemente ouvir as demandas e solicitações de seus clientes e parceiros, a fim de apresentar opções eficientes em cada mercado de atuação, fortalecendo as relações entre as plataformas, dentre elas uma das mais sensíveis: a integração fiscal. A parceria local com a Sovos foi estruturada para demonstrar que nossos sistemas estão preparados e tropicalizados para atender à demanda fiscal e integração no Brasil com nossa plataforma Luminate Logistics de transportes. A Sovos, assim, torna-se uma opção aos clientes locais que buscam alternativas corporativas com forte presença aqui e na região latino-americana. Estamos iniciando essa parceria pelo Brasil devido à grande base de clientes de soluções de transporte da Blue Yonder, assim como pela complexidade exigida em soluções fiscais principalmente CTEs’’, diz o executivo da Blue Yonder, Samuel Baccin.

O Brasil é hoje o centro global de desenvolvimento para a Sovos e a recém-aquisição da Taxweb, que trabalha com determinação de impostos, é fundamental para a solução da equação em que se deve localizar a manufatura, os centros de distribuição e a melhor rota para entrega de produtos e serviços.

“A parceria entre as duas empresas visa conectar os documentos eletrônicos, como nota fiscal eletrônica de serviços, mercadoria e conhecimento eletrônico de transporte, aos motores de otimização da Blue Yonder. Com isso, por meio de suas conectividades e APIs, é possível fazer não apenas o cálculo da melhor combinação possível, mas também a projeção dos cenários viáveis, além de auditar e verificar se as operações seguem as rígidas regras da legislação tributária do Brasil e do mundo”, conta o executivo de Parcerias Estratégicas da Sovos, Marcelo Juliano.

Para Baccin, a inteligência de muitas empresas está baseada nas pessoas, sem muitas ferramentas para suportar essa automação. Hoje, continua o executivo, na área de logística está faltando direção de como se conduz a melhor demanda, a quebra de estoque e os transportes. “Toda essa camada é onde a Blue Yonder está. A ideia com a nossa parceria é justamente criar uma mudança de percepção na indústria de que existem empresas querendo fortemente suportar essa mudança de mercado”, diz.

O executivo da Blue Yonder garante que é possível ter o controle total do caminhão e da carga por meio de inteligência artificial, mas ter a área de determinação de impostos desenvolvida e alinhada com a área de accounting faz toda a diferença. “Por isso, unir forças com a Sovos é estratégico no mercado brasileiro. O CFO conseguirá ver todos os custos relacionados à companhia e, principalmente, à área de transporte”, afirma.

Juliano completa dizendo que a aliança faz com que as empresas tenham um posicionamento ainda mais consistente no mercado, blindando a concorrência e fortalecendo a Sovos nos clientes. “O ganho para nós é termos um parceiro forte, que está atuando diretamente no supply chain e que consegue demonstrar para o cliente frutos que são materializados por meio dessas soluções.”