Ibovespa
129.110,38 pts
(-0,16%)
Dólar comercial
R$ 5,43
(-0,30%)
Dólar turismo
R$ 5,64
(-0,30%)
Euro
R$ 5,92
(-0,27%)

Teca de Viracopos recebe certificação Ceiv Pharma

Processo junto à Iata teve início em 2016
Por Redação em 6 de janeiro de 2020 às 11h31 (atualizado às 11h31)

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), acaba de conquistar o certificado global Ceiv Pharma (Center of Excellence for Independent Validators in Pharmaceutical Logistics), emitido pela International Air Transport Association (Iata), que tem como objetivo auxiliar as organizações e toda a cadeia de fornecimento de carga aérea a atingir a excelência na logística de produtos farmacêuticos.

De acordo com a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, responsável pelo terminal aéreo, a conquista é mais um resultado de uma série de investimentos realizados no terminal de cargas (Teca) desde o início da concessão. “São mais de R$ 80 milhões investidos em melhorias e modernização desde 2012”, diz o diretor de Operações, Marcelo Mota.

“Com a confirmação do certificado, Viracopos passa a ser reconhecido como operador global de cargas de produtos farmacêuticos, sendo acreditado internacionalmente como parte integrante de uma cadeia segura, evidenciando a reconhecida qualidade e confiabilidade de seus serviços para as empresas do ramo farmacêutico e favorecendo o crescimento de novos negócios nesse setor para o aeroporto e, principalmente, para o Brasil”, destaca o presidente da Aeroportos Brasil Viracopos, Gustavo Müssnich.

O aeroporto já atende a algumas das principais indústrias farmacêuticas mundiais. Com a ampliação de suas câmaras frias realizada nos últimos três anos, o Teca está preparado para o aumento de demanda do setor farmacêutico. “Com a garantia de qualidade e confiabilidade nos processos logísticos, Viracopos está pronto para processar ainda mais importações e exportações das principais empresas farmacêuticas do mundo”, completa o gerente de Operações de Carga do Teca de Viracopos, Ricardo Luize.

Teca de Viracopos recebe certificação Ceiv Pharma

O empreendimento conta com 11 câmaras frias e uma antecâmara com temperaturas controladas que ficam entre -18°C e 22°C. Para um melhor  atendimento das cargas farmacêuticas, Viracopos conta com câmaras com temperaturas flexíveis que podem ter seu set point alterado, modificando o range de temperatura quando necessário.

O processo de certificação teve início em 2016 e foi constituído por três etapas. A primeira foi de preparação, com o preenchimento de aproximadamente 284 itens de um check list e a mensuração do nível de compatibilidade dos processos atuais com relação às premissas da certificação.

Na segunda etapa, o aeroporto realizou o treinamento para as pessoas consideradas chave no processo da cadeia farmacêutica, ministrado por instrutores da Iata que são especializados no assunto e uma auditoria prévia, chamada de assessment. Na ocasião, um auditor da associação visitou o aeroporto e verificou as questões relatadas no check list, buscando identificar qual o real nível de compatibilidade de acordo com as melhores práticas da Iata.

Na terceira fase da certificação, ocorrida nos dias 26 e 27 de novembro, aconteceram as auditorias finais em todos os processos logísticos e operacionais do Teca. “Parte importante desse processo foi o treinamento da equipe operacional nos procedimentos descritos no Manual de Boas Práticas no Manuseio de Produtos Farmacêuticos, nível básico, intermediário e avançado, ministrado para 377 pessoas que trabalham nas atividades no terminal de carga” finaliza Luize.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar