Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Executivo da ID Logistics avalia positivamente economia brasileira e projeta investimentos no país

Multinacional reformula a direção da empresa no Brasil e brasileiro assume pela primeira vez a Direção-Geral
Por Redação em 25 de novembro de 2022 às 17h50 (atualizado em 26/11/2022 às 11h31)
Executivo da ID Logistics avalia positivamente economia brasileira e projeta investimentos no país

O desempenho da economia brasileira tem despertado o interesse da ID Logistics, que tem ajustado o seu planejamento estratégico diante da recessão econômica europeia e da guerra n Rússia/Ukrania. O francês Eric Hémar, CEO mundial da multinacional, em entrevista à Tecnologística, disse estar otimista com o crescimento da economia no Brasil que está na contramão dos principais países do mundo após a pandemia de Covid-19.

"O Brasil está retomando a economia e nós precisamos absolutamente se apoiar neste crescimento para desenvolver nossa companhia. Estou muito otimista em termos de desenvolvimento de novos negócios no Brasil nos próximos anos", afirma Eric Hémar.

LEIA TAMBÉM: Grupo ID Logistics anuncia resultados do primeiro semestre

Recentemente, a ID Logistics reformulou a direção da empresa no Brasil. Com isso, Gilberto Lima assume a Direção-Geral, sendo o primeiro brasileiro a assumir o cargo. O ex-Diretor Geral no Brasil Jerome Jacek assumiu a região da Ibéria (que compreende os países Espanha e Portugal).

"Gilberto é muito inteligente, com várias outras habilidades e com isso foi natural nomeá-lo como Diretor-Geral da ID Logistics do Brasil. Além disso, a empresa está muito interessada na promoção interna", explica o CEO mundial.

Projetando o crescimento da economia brasileira e os investimentos que devem ser realizados no país, Eric Hemar não descarta fazer novas aquisições para ampliar as operações da empresa. No entanto, ele pontua que no Brasil é "mais complexo finalizar uma aquisição".

"O DNA da empresa é fundamentalmente o crescimento orgânico. [...] Mas, em alguns momentos, pode ser interessante fazer aquisições e, para ser sincero, este momento está chegando no Brasil", antecipa.

 

O mercado de logística no Brasil

Analisando o mercado brasileiro de logística, o CEO mundial da ID Logistics pontua que existem algumas especificidades do Brasil em relação ao mercado europeu no que se refere ao "custo com o pessoal" que tendem a dificultar investimentos no país, apesar dele reconhecer que "os brasileiros que trabalham com logística são muitos focados em inovação".

"São identificados muitos projetos e muita inovação com reais chances de progresso, contudo, é difícil investir em um alto nível de automação, porque a relação entre o gasto com pessoal e o custo atrelado ao investimento é distinto em comparação com o mercado estadunidense ou europeu", completa.

 

Executivo da ID Logistics avalia positivamente economia brasileira e projeta investimentos no país
Eric Hémar, CEO mundial da ID Logistics (Foto: Reprodução/LogTV)

 

Porém, Eric Hémar projeta que o custo de pessoas crescerá e o custo de tecnologia cairá, permitindo com que a empresa seja capaz de fazer novos investimentos nos próximos dois anos em tecnologia e automação no país.

Para Gilberto Lima, novo Diretor-Geral da ID Logistics do Brasil, os desafios propostos pelo país em relação a infraestrutura, dimensão continental e carga tributária não devem ser encarados como dificuldades, mas oportunidades.

"Temos uma situação que gostaríamos que fosse diferente, em termos de infraestrutura, mas isso também nos traz muitas oportunidades que depende muito da nossa criatividade e atuação para encontrar caminhos", diz o dirigente brasileiro.

Confira a entrevista completa concedida por Eric Hémar e Gilberto Lima à Tecnologista, na LogTV.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar