Ibovespa
129.326,57 pts
(-0,70%)
Dólar comercial
R$ 4,99
(0,80%)
Dólar turismo
R$ 5,18
(0,71%)
Euro
R$ 5,40
(0,80%)

Volkswagen reforça presença nas minas de lítio chilenas com aquisição de veículos robustos pela Oservim

Os oito novos modelos Constellation 32.360 e Constellation 17.280 chegam para enfrentar desafios nas minas e fortalecem parceria de três anos com a empresa
Por Redação em 29 de dezembro de 2023 às 7h04
Volkswagen reforça presença nas minas de lítio chilenas com aquisição de veículos robustos pela Oservim
Foto: Divulgação/Volkswagen
Foto: Divulgação/Volkswagen

Um lote composto por oito veículos da Volkswagen Caminhões e Ônibus aportou recentemente no Chile, destinado a operar em ambientes rigorosos nas minas de lítio. Este mineral é fundamental na produção de baterias de alto desempenho utilizadas em veículos elétricos e dispositivos eletrônicos. Adquiridos pela empresa Oservim, os modelos automatizados Constellation 32.360 e Constellation 17.280 completam a frota, totalizando 37 unidades adquiridas nos últimos três anos.

As adversas condições enfrentadas nas minas chilenas exigem desempenho máximo dos veículos, e os detalhes técnicos do Constellation 32.360 o tornam adequado para essas operações. De acordo com a montadora, o Constellation 32.360 não apenas oferece a potência necessária para enfrentar terrenos acidentados, mas também apresenta eixos com redução nos cubos e transmissão automatizada. Essas características não apenas atendem aos requisitos da indústria de mineração, mas também proporcionam conforto, segurança e produtividade ao motorista. Por sua vez, o semipesado VW Constellation 17.280 destaca-se pelo elevado torque máximo em uma ampla faixa de rotações, resultando em menos trocas de marchas e maior capacidade de manutenção da velocidade em terrenos íngremes.

Matheus Francesco, supervisor de Vendas Internacionais da VWCO, comemora a venda e destaca a importância estratégica do negócio para a empresa. Ele ressalta que o Chile é uma das principais áreas do "Triângulo do Lítio", concentração global de 60% das reservas desse mineral. "Esta é uma negociação crucial no país, consolidando nossa posição de destaque no mercado nos mais diversos segmentos, entre eles o de mineração, um dos principais motores da economia chilena", afirma Francesco.


LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar