Ibovespa
121.341,13 pts
(0,74%)
Dólar comercial
R$ 5,44
(-0,39%)
Dólar turismo
R$ 5,66
(-0,05%)
Euro
R$ 5,82
(-0,51%)

Tecon Rio Grande dobra exportação para o Catar

Terminal registrou crescimento de 96% nas remessas via contêineres, resultado liderado pelo frango congelado
Por Redação em 6 de janeiro de 2023 às 9h58
Tecon Rio Grande dobra exportação para o Catar

A Wilson Sons, por meio do Tecon Rio Grande, informa que de janeiro a novembro de 2022 praticamente dobrou as exportações para o Catar quando comparado ao mesmo período de 2021. O resultado aponta que houve um crescimento de 96% nas remessas via contêineres, resultado liderado pelo frango congelado, que representou aproximadamente 85% deste total.

Somente para a ave beneficiada, foram utilizados 495 contêineres (reefer) ou 990 TEUs. Além do frango congelado, madeiras, móveis e ovos estão entre os produtos exportados para o Catar. Ao todo, são 15.945 toneladas, que correspondem a 1.204 TEU.

Leia mais: Wilson Sons busca reduzir impacto ambiental de rebocadores e embarcações offshore

Segundo o presidente-executivo da Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV), José Eduardo dos Santos, o aumento da procura pelo frango congelado gaúcho se deve, entre outros fatores, à qualidade do produto no cenário internacional.

“Esse volume é reflexo da preferência pelo produto avícola brasileiro e em especial o do Rio Grande do Sul, que se enquadra entre os três maiores exportadores e produtores do Brasil. Vemos uma procura tanto dos países do Oriente Médio quanto da Ásia e Europa, até porque a influenza aviária vem se alastrando mundo afora e isso acaba restringindo um pouco o fluxo comercial de outros países como o Catar”, explica Santos.

O executivo constata que a Copa do Mundo influenciou nestes resultados, tendo em vista que o número de consumidores na Ásia Continental aumentou consideravelmente. Porém, as oportunidades não se esgotam com o término do torneio, avalia Santos. “A preferência pelo produto brasileiro como a carne de frango é uma tendência que já se registra ao longo dos anos, uma vez que tem atendido não só o Catar como também muitos outros países da região. Para nós é muito positivo, pois a nossa meta é continuar prospectando o mercado e levando, principalmente, as marcas que produzem frango no Rio Grande do Sul para fidelizá-las cada vez mais junto aos importadores.”

Estrutura 

O Tecon Rio Grande conta 735 mil m² de área total, com capacidade estática de 25 mil TEUs, 20 mil m² de armazéns para carga geral e especiais e dez gates automatizados para a entrada e saída do terminal, além de 2.800 tomadas para contêineres refrigerados (reefer).

Com mais de 3 mil clientes importadores e exportadores, o Tecon Rio Grande recebe as principais linhas que escalam o Brasil, oferecendo serviços semanais para todos os trades do mundo a partir de 12 clientes armadores. As exportações correspondem a 74% do volume transportado, que aportam rumo a América do Sul, América do Norte, Ásia e Oriente Médio.

Leia mais: Tecon Rio Grande realiza operação do navio ONE Amazon

“A produção industrial gaúcha é pujante e apta a disputar os mais variados mercados do mundo com qualidade e competitividade. Quando surge uma oportunidade como esta de negócios para o Catar, isso fica bastante evidente, uma vez que restrições a outros polos produtivos abrem espaço para aquilo que é produzido no Rio Grande do Sul”, diz o diretor-presidente do Tecon Rio Grande, Paulo Bertinetti.

O executivo reforça ainda que o Tecon Rio Grande é uma das instalações mais competitivas na América do Sul, se apresenta como uma ótima alternativa para as empresas gaúchas exportarem seus produtos, tendo em vista que conta com localização estratégica e a estrutura necessária para conectar a região do Mercosul com os mais importantes portos estrangeiros.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar