Sexta-feira, 24 de janeiro de 2020 - 11h29
Otimista, Lincros espera crescimento de 70% para 2020
Objetivo é manter a estratégia e reforçar o portfólio de clientes na carteira

A Lincros projeta para este ano um incremento de 70% no faturamento. O CEO da logtech (empresa que desenvolve tecnologia para o mercado logístico), Gilson Chequeto, afirma que a meta é manter o ritmo forte registrado nos últimos anos. “Em 2019 essa marca foi bastante superior por conta da entrada da carteira de clientes da HBSIS, e essa estratégia nos garantiu um importante destaque entre as grandes empresas brasileiras”, diz.

Divulgação

O executivo conta que no ano passado a empresa investiu em posicionamento de mercado, ao deixar o nome TranspoBrasil e adotar a nova identidade visual, e se consolidou ao adquirir parte do portfólio e carteira de clientes da HBSIS, uma empresa do grupo Ambev. O crescimento da Lincros em 2019, divulga Chequeto, chegou a 350%.

Com o incremento, os negócios chegaram a um novo patamar, que envolve o fornecimento de soluções para toda a cadeia logística de transportes de marcas globais, como DPA Nestlé e BRF.

Novas contas também marcaram o ano de 2019 da Lincros, como a chegada de Bauducco, Cacau Show e Renault para o portfólio. Agora, são mais de 140 clientes em carteira.

“Atualmente atendemos as principais marcas de cada segmento industrial, dentre eles os setores têxtil, químico, automotivo e de bebidas e alimentos, por exemplo. A nossa tecnologia é responsável por coordenar a logística de uma grande variedade dos produtos consumidos nas casas dos brasileiros”, destaca o CEO.