Quinta-feira, 5 de março de 2020 - 11h54
Porto de Suape bate recorde de movimentação do mês de janeiro
Complexo operacionalizou 31% mais cargas do que o número registrado no primeiro mês de 2017, que até então sustentava o melhor desempenho

O Porto de Suape (PE) registrou a maior movimentação no mês de janeiro em toda a sua história. Ao todo, foram operacionalizadas, no primeiro mês deste ano, 2.397.838 toneladas de cargas, volume 45% superior quando comparado ao mesmo período de 2019 e 31% acima do registrado em janeiro de 2017, que até então sustentava o recorde do mês, com 1.819.028 de t. A expectativa é de que o crescimento seja repetido no mês de fevereiro, que ainda não teve a movimentação consolidada, com a perspectiva de chegar a cerca de 60% de acréscimo em relação a fevereiro de 2019.

Segundo informações do porto, o aumento verificado no primeiro mês do ano foi decorrente do crescimento dos granéis líquidos, principal carga movimentada no porto, que somaram 1.879.021 t, 754 mil a mais que em janeiro do ano passado, representando uma alta de 67%. Esse índice é decorrente da elevação de carga da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), que só em janeiro recebeu 759 mil t de petróleo bruto – 60% a mais no comparativo com o mesmo mês do ano passado.

Divulgação

“Nossas perspectivas são ainda melhores a médio e longo prazos. Acreditamos que a movimentação de granéis líquidos vai ser ainda maior com a venda da Refinaria Abreu e Lima e conclusão de seu parque. Temos um terminal de granéis sólidos em transição, que devemos licitar até o final de ano, um novo terminal de contêineres a licitar e boas perspectivas, também, com o leilão de energia e a movimentação de gás por Suape. Sem falar nas novas empresas que estão se instalando em Pernambuco e vão querer utilizar o porto para distribuição de seus produtos”, diz o presidente do Porto de Suape, Leonardo Cerquinho.

A movimentação de contêineres também registrou crescimento em janeiro, tanto em TEUs quanto no peso bruto, com incremento de 15% e 16%, respectivamente. Foram movimentadas mais de 470 mil t de mercadorias transportadas em contêineres, o que equivale a mais de 40 mil TEUs. Granéis sólidos e carga solta registraram queda de 69% e 31%, respectivamente.

Já na navegação de longo curso, o Porto de Suape obteve desempenho positivo tanto na exportação quanto na importação. As cargas embarcadas cresceram 248%, saltando de 87 mil t em janeiro de 2019, para mais de 304 mil t este ano, reflexo do aumento dos granéis líquidos – combustíveis e óleo de petróleo, por exemplo – que são as principais cargas exportadas. A importação somou 617 mil t e respondeu por um crescimento de 73%, já que no primeiro mês do ano passado havia totalizado 355 mil t.

A cabotagem cresceu 22% e atingiu 1.476.249 t. O número de atracações também aumentou, passando de 107 em janeiro de 2019 para 115 navios no primeiro mês de 2020.