Terça-feira, 16 de junho de 2020 - 9h40
Porto Itapoá cresce 11,3% em volume movimentado nos cinco primeiros meses do ano
Destaques ficaram por conta das operações de importação e transbordo, que tiveram crescimento de 7,4% e 53,6%, respectivamente

O Porto Itapoá (SC) registrou, nos cinco primeiros meses de 2020, aumento de 11,3% no volume de contêineres movimentados em relação ao mesmo período de 2019. Os destaques ficaram por conta das operações de importação e transbordo, que tiveram crescimento de 7,4% e 53,6%, respectivamente.

De acordo com informações do terminal, as exportações, que apresentavam números estáveis em relação a 2019, devem manter essa tendência, com uma possibilidade de crescimento para segmentos específicos, como reefer e madeireiro, que podem ganhar força em função do câmbio favorável.

Divulgação

Em 2019 o Porto Itapoá obteve um destaque especial, conquistando o patamar de terceiro maior terminal de contêineres do Brasil e o maior do estado de Santa Catarina. A meta é superar o número de movimentações agora em 2020. O objetivo, porém, anuncia o terminal, é contribuir para a retomada da produção industrial e da economia como um todo.

Nesse sentido, um fator anunciado recentemente tem a meta de elevar o valor agregado do porto junto aos seus clientes. No último dia 30 de maio, a Marinha do Brasil ratificou os novos parâmetros operacionais para atracação de navios no Porto Itapoá que, a partir de agora, pode receber embarcações de até 350 metros de comprimento. Com essa oficialização, a expectativa é que o mercado internacional de porta-contêineres inicie o envio dessas embarcações ao Brasil.

O Porto Itapoá está localizado na Baía da Babitonga, que possui uma profundidade natural que, em algumas áreas do canal, passa de 21 m. Atualmente, está em andamento o projeto de adequação do canal de acesso, que prevê o aprofundamento de 14 m para 16 m e a atenuação do grau da curva, permitindo o acesso à Baía de forma mais ágil e segura.