Segunda-feira, 10 de agosto de 2020 - 10h46
Faturamento da ID Logistics cresce 4,3% no primeiro semestre de 2020
Companhia registrou globalmente 776,6 milhões de euros nos seis primeiros meses do ano

O Grupo ID Logistics registrou um crescimento de 4,3% em suas vendas no primeiro semestre de 2020, faturando o total de 776,6 milhões de euros no período. Durante os seis primeiros meses do ano, a companhia iniciou dez novas operações, sendo três na França, país de origem do operador multinacional, e sete internacionais.

“No primeiro semestre de 2020, marcado pela crise sanitária de Covid-19, a ID Logistics conseguiu manter o crescimento dos negócios com bom desempenho comercial. Após um primeiro trimestre com forte crescimento nas vendas, o segundo trimestre ilustrou a resiliência do nosso modelo de negócio. A diversidade do nosso portfólio, a equilibrada presença internacional do grupo e o compromisso das nossas equipes nos permite manter as receitas estáveis”, analisa Eric Hémar, presidente e CEO da ID Logistics.

De acordo com a própria companhia, a carteira de clientes, principalmente nos setores alimentar e e-commerce, aliada à presença geográfica diversificada, permitiram manter a estabilidade mesmo com a crise sanitária. Somente no segundo trimestre, a ID Logistics obteve um faturamento de 384,1 milhões de euros, redução de somente 0,6% em comparação com o mesmo período de 2019.

Na França, a ID registrou queda de 5,9% nas vendas no segundo trimestre, com faturamento de 170,6 milhões de euros. Após as medidas de confinamento, a atividade em abril caiu 13,5% em relação ao ano passado.  Em maio, a queda foi de 7,3%, se recuperando em junho, com aumento de 3,2% nas vendas.

Já as receitas internacionais aumentaram 4,1% no segundo trimestre, com 213,5 milhões de euros de faturamento. Após um mês estável em abril, com queda de 0,2% e um maio ligeiramente mais dinâmico, com aumento de 1,6%, o crescimento se acelerou acentuadamente em junho, com 11%. Esse desempenho inclui um efeito cambial desfavorável, principalmente na América Latina, e uma mudança no escopo da consolidação devido ao fim das operações na África do Sul, em setembro de 2019, e à consolidação das atividades da Jagged Peak, em dezembro de 2019, nos Estados Unidos. Excluindo estes fatores, a queda nas vendas líquidas foi limitada em 0,2% durante o trimestre.

A ID Logistics informa que pretende continuar o seu desenvolvimento no segundo semestre, mantendo-se totalmente focada nos seus fundamentos: gestão operacional das suas atividades e gestão sólida de oportunidades de crescimento externo, principalmente no norte da Europa e nos Estados Unidos. Com a imprevisibilidade da situação da crise sanitária, o grupo ainda não está em posição de avaliar o impacto da crise nas receitas gerais de 2020.