Quarta-feira, 11 de novembro de 2020 - 9h59
Log-In registra recorde de resultados no terceiro trimestre
De julho a setembro, a companhia apresentou lucro líquido de R$ 9,1 milhões

A Log-In Logística Intermodal divulgou ontem, dia 10 de novembro, os resultados referentes ao terceiro trimestre. De julho a setembro, a companhia atingiu marcas recordes, como Ebtida de R$ 83,9 milhões, crescimento de 20% em comparação ao mesmo período do ano passado, e lucro líquido de R$ 9,1 milhões ante prejuízo de R$ 17,2 milhões contabilizado no mesmo trimestre do ano anterior.

O desempenho superior é decorrente de um melhor resultado operacional, em função da alta eficiência na operação dos navios, do crescimento da receita e da otimização dos custos e despesas frente ao cenário de pandemia. Já a receita líquida atingiu R$ 298,5 milhões, 7,3% superior frente ao reportado no terceiro trimestre de 2019.

“Os números comprovam o sucesso da estratégia comercial que adotamos para diversificação e captura de novas cargas. Verificamos uma retomada após a flexibilização das medidas restritivas, quando os segmentos mais afetados voltaram a escoar seus produtos, como o de eletroeletrônicos, por exemplo. Estamos crescendo há quatro anos consecutivos desenvolvendo um trabalho focado em resultado e na rentabilidade de nossos ativos”, afirma o diretor-presidente da Log-In, Marcio Arany.

O serviço de navegação costeira destacou-se no trimestre com uma receita operacional líquida de R$ 241,2 milhões, 10% maior que o terceiro trimestre de 2019. Em relação ao volume movimentado, houve um incremento de 13%, saltando de 83,8 mil TEUs no segundo trimestre para 94,8 mil TEUs no terceiro trimestre. Esse crescimento foi puxado por maiores volumes transportados na cabotagem, com alta de 5,5%, e também no Mercosul, 28% acima. Outro recorde na navegação costeira foi o Ebtida de R$ 76,9 milhões, 37,6% superior na comparação trimestral. Destaque também para a marca de 94,5% no Indicador de Pontualidade Rodoviária, que mede o desempenho de entregas na porta do cliente.

O terminal portuário de Vila Velha (ES) apresentou crescimento histórico nos nove primeiros meses do ano, com o maior Ebtida da sua história: R$ 67,2 milhões. A consolidação de um novo negócio no terminal, o descarregamento de graneis, iniciado no segundo semestre do ano passado, contribuiu para o resultado positivo. Houve ainda grandes volumes para exportação de granito em blocos com destino à Ásia e aos Estados Unidos, visando abastecer o mercado internacional de construção civil.

A exportação de contêineres foi outro segmento que apresentou alta, especialmente no escoamento da produção de café em direção à Europa, que segue com demanda aquecida. No trimestre, foram movimentados no terminal 51.500 contêineres, além de 165.800 mil toneladas de carga geral.

Os investimentos realizados pela Log-In de julho a setembro somaram R$ 6,6 milhões, que foram alocados na manutenção da frota de navios, no terminal portuário de Vila Velha e em projetos de tecnologia.