Sexta-feira, 15 de janeiro de 2021 - 10h55
Hapag-Lloyd revisa para cima projeção de lucro para o ano financeiro de 2020
Companhia estima Ebitda entre 2,6 bilhões de euros e 2,7 bi; anteriormente planejamento era alcançar de 2,4 bi a 2,6 bi de euros

A Hapag-Lloyd informa que com base em um desempenho de negócios melhor do que o esperado último quarto trimestre, encerrado em dezembro de 2020, aumentou a previsão de lucros para o grupo. Para o ano financeiro de 2020, a empresa prevê lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) entre 2,6 bilhões de euros a 2,7 bi (anteriormente, 2,4 bi a 2,6 bi de euros) e lucro antes de juros e impostos (Ebit) de 1,25 bi a 1,35 bi de euros (anteriormente, 1,1 bi a 1,3 bi de euros).

A nova faixa de Ebit inclui prejuízos de aproximadamente 100 milhões de euros, principalmente decorrentes de uma otimização planejada do portfólio de navios. As medidas não foram levadas em consideração na previsão de lucros anterior.

“No quarto trimestre, também, a demanda do mercado por capacidade de contêiner continuou a ser surpreendentemente forte e hoje estamos usando todos os navios disponíveis. Além disso, estamos no caminho certo com a economia de custos de nosso Programa de Proteção de Desempenho. Diante dessas circunstâncias, os resultados do exercício em curso irão superar nossas projeções anteriores”, explica do CEO da Hapag-Lloyd, Rolf Habben Jansen.

Ainda de acordo com o executivo, a empresa continuará a manter um olho na segurança e bem-estar dos funcionários, bem como nas cadeias de abastecimento dos clientes. “Mas a implementação contínua de nossa estratégia 2023 também permanecerá uma parte integrante de nossa agenda”, completa.

Os dados auditados para o exercício financeiro de 2020 serão publicados em 18 de março de 2021.