Quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021 - 9h40
Maersk computa em 2020 crescimento em todas as unidades de negócio
Ao todo, receita do ano passado foi de US$ 39,7 bilhões enquanto em 2019 havia sido de US$ 38,9 bilhões

A A.P. Moller – Maersk revela que o ano de 2020 foi mais um período de sólidos progressos para a companhia, tanto em termos de desempenho financeiro como na transformação da empresa. Apesar dos baixos volumes durante a maior parte de 2020, a rentabilidade cresceu durante os primeiros nove meses e terminou o ano com resultados recorde no 4º trimestre em Logística e Terminais, enquanto a Ocean entregou um trimestre positivo, impulsionada pelo aumento dos volumes e pelas interrupções temporárias da cadeia de abastecimento.

A receita cresceu US$ 39,7 bilhões em 2020 em relação a US$ 38,9 bilhões no ano anterior. Enquanto o aumento da demanda no segundo semestre do ano criou entraves na cadeia de abastecimento, tais quais escassez de navios, contêineres e levou a taxas mais altas de aproximadamente US$ 1,5 bilhão. A Ocean melhorou seu desempenho ao se concentrar em custos, gerenciamento ágil de capacidade e lançamento de novas ofertas digitais.

A área de Logística e Serviços cresceu US$ 7 bilhões, em comparação a US$ 6,3 bilhões no ano passado, com a aquisição da empresa Performance Team, bem como um melhor desempenho em intermodal, agenciamento de frete aéreo e armazenamento e distribuição.

“Estou orgulhoso de termos acelerado nossa transformação e apresentado crescimento de ganhos durante todos os trimestres de 2020, apesar das diferentes condições de mercado, começando com o impacto negativo devido à pandemia no primeiro semestre, para uma recuperação no quarto trimestre”, diz o CEO da AP Moller – Maersk, Søren Skou.

O executivo ressalta que os clientes querem ajuda para construir cadeias de suprimentos mais resilientes e também para adquirir mais serviços de ponta a ponta. “Consequentemente, nossos negócios em logística dobraram de receita em 2020. Hoje somos uma empresa de logística lucrativa e em crescimento, com uma ampla oferta de transporte marítimo e aéreo, serviços portuários e recursos logísticos, que inclui armazenamento, serviços personalizados e logística de ponta”, acrescenta Skou.