Terça-feira, 27 de março de 2007 - 16h02
Rio Grande registra movimentação recorde de contêineres

Maçãs, arroz e resina colaboraram para o aumento na movimentação de TEUs

O primeiro bimestre de 2007 registrou a maior movimentação de contêineres já obtida neste período na história do Porto do Rio Grande. Ao todo, foram movimentados 95.890 TEUs, 9,92% a mais do que no mesmo período do ano passado – até então, 2005 detinha o recorde, com a movimentação no primeiro bimestre de 94.559 TEUs.

O mês de janeiro foi responsável pelo maior volume, chegando a 50.556 TEUs, com crescimento de 8,1%. Com 11,9% de incremento, o mês de fevereiro atingiu 45.334 TEUs. O Terminal de Contêineres de Rio Grande (Tecon) movimentou 91.967 TEUs, com crescimento de 6,7% no bimestre, mas o Porto Novo, conhecido como cais público, destacou-se pelo crescimento de 255,3%, atingindo 3.923 TEUs.

Tanto as importações quanto as exportações de contêineres registraram crescimento, no primeiro caso 53,9% e no segundo, 10,1%. Também foi registrado aumento nas operações de contêineres vazios, atingindo um volume 15,8% maior do que no primeiro bimestre de 2006, enquanto a movimentação de contêineres cheios teve pequena queda de 0,27%.

Entre as cargas que registraram crescimentos estão a maçã, com incremento de 27,7%, devido à boa safra do estado do Rio Grande do Sul; o arroz, com aumento de 23,45%, atingindo 2,8 mil TEUs; a resina com incremento de 4,95%, chegando a 5.042 TEUs; o frango congelado, com 1,2% de aumento, com 5.291 TEUs; e o fumo com 4.856 TEUs, 0,5% a mais do que em 2006.

O mês de março já registra alta em comparação com o mesmo período do ano anterior. A expectativa é de um incremento na movimentação em 2007 e de ultrapassar o volume recorde obtido em 2005, quando o porto atingiu a marca de 675.516 TEUs.

 www.portoriogrande.com.br