Quinta-feira, 12 de julho de 2007 - 12h11
Porto de Itajaí fecha semestre positivo

Exportações cresceram 17,6%, enquanto importações aumentaram 48%

O Porto Municipal de Itajaí fechou o primeiro semestre de 2007 com movimento, entre importações e exportações, de US$ 3,98 bilhões, crescimento de 24% se comparado ao mesmo período do ano anterior. O acréscimo das exportações, que somaram US$ 2,8 bilhões nos seis primeiros meses do ano, resultaram num crescimento de 17,6% frente ao primeiro semestre de 2006. As carnes congeladas continuam como o segmento mais exportado por meio de Itajaí. Bovinos, suínos e frango movimentaram US$ 1,2 bilhão, aumento de 44% se comparado ao primeiro semestre de 2006.

Já as importações apresentaram crescimento de 48% no semestre, totalizando US$ 1,06 bilhão em 2007 contra US$ 722,22 milhões em 2006. A maior parte das importações corresponde a máquinas, motores e acessórios. Só a indústria têxtil, por exemplo, importou um total de US$ 34,8 milhões por meio do porto catarinense. Comparando os primeiros seis meses de 2007 com o mesmo período do ano anterior, o crescimento chega a 49%.

Na opinião do superintendente do Porto Municipal de Itajaí, Wilson Francisco Rebelo, os números revelam tendências de mercado. “As indústrias brasileiras já perceberam que, com a valorização do real frente ao dólar, é preciso agregar valor ao produto para melhorar a competitividade lá fora. E isso se faz por meio da atualização dos processos produtivos, com a importação de maquinário de ponta, por exemplo”, diz.

O prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, comemora os números positivos do porto, em especial, das importações. “A nacionalização da mercadoria gera ICMS que, mais tarde, retorna à cidade e é investido em obras para a melhoria da qualidade de vida da população itajaiense”, afirma.

www.portoitajai.com.br