Segunda-feira, 28 de janeiro de 2019 - 9h56
Operações no T-Mult do Porto do Açu aquecidas em 2018
Terminal fluminense movimentou 655 mil toneladas, crescimento de 16% frente ao ano anterior

O Terminal Multicargas (T-Mult) do Porto do Açu, empreendimento localizado no município de São João da Barra (RJ), movimentou mais de 655 mil toneladas ao longo do ano de 2018. O número representa um aumento de 16% em relação ao registrado no ano passado e 12 vezes mais do que o movimentado de 2016, quando o terminal foi inaugurado. Ainda durante o último ano, o T-Mult recebeu mais de 22 mil carretas e 22 embarcações, operando sete produtos diferentes para um total de 15 clientes, o dobro do atendido no ano anterior. Além disso, o terminal atingiu níveis internacionais de produtividade, com um recorde de descarregamento de cerca de 22 mil toneladas por dia.

Segundo o diretor de Operações da Porto do Açu, Ideraldo Goulart, os números refletem os avanços do terminal e o consolidam como uma excelente opção para a importação e exportação de produtos. “Os resultados do T-Mult são muito satisfatórios. Temos ampliado os tipos de cargas movimentadas e os clientes atendidos. Fechamos 2018 superando os anos anteriores e já começamos 2019 com o pé direito, somando 136 mil t movimentadas até agora”, diz.

Em sua última operação de 2018, durante uma movimentação de coque, o T-Mult recebeu o terceiro navio tipo Panamax da história do terminal. Cerca de 29 mil t de carga foram descarregadas e serão expedidas para Minas Gerais. Neste ano, mais dois navios de coque já foram recebidos, além de outras duas embarcações carregadas de carvão e carga de projeto.

A diretora Comercial do Porto do Açu Operações, Tessa Major, ressalta os diferenciais do local. “Além de apresentar soluções de logística integradas para entrada e saída de cargas, outro atrativo do T-Mult é ser um terminal 100% privado, o que possibilita o desenvolvimento de projetos customizados, de acordo com os interesses de cada cliente.”

Atualmente, o Terminal Multicargas movimenta coque, carvão, bauxita, gipsita, carga geral e de projetos, além de ter autorização para operar qualquer tipo de graneis sólidos e veículos. A Porto do Açu Operações também está desenvolvendo um projeto para criar a infraestrutura necessária para movimentação de contêineres.