Terça-feira, 29 de junho de 2021 - 14h15
Docas do Rio registra maior movimentação mensal de carga de 2021
Porto de Itaguaí foi responsável pelo segundo maior faturamento do ano em maio

A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), autoridade portuária que administra os Portos do Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis, registrou, no último mês de maio, o maior volume movimentado de 2021, com 6,236 milhões de toneladas. Os números também representam a maior movimentação de cargas desde dezembro de 2018.

O faturamento de maio foi de R$ 88,1 milhões, o que corresponde ao segundo maior faturamento do ano em termos nominais, desconsiderando os valores devidos pela movimentação mínima anual de 2020, faturados em janeiro de 2021.

Os dados foram divulgados pela área de Planejamento de Negócios da CDRJ. De acordo com o levantamento, o resultado é fruto principalmente das exportações de minério de ferro pelo Porto de Itaguaí, que atingiram 4,876 milhões de toneladas no mês.

O relatório aponta ainda que, considerando apenas o minério de ferro, a variação da movimentação em relação a abril de 2021 foi de 1,726 milhão de toneladas, ou seja, um aumento de 54,8%. Em relação a maio de 2020, houve um crescimento de 51,4%, com 1,656 milhão de toneladas a mais. Já no acumulado 2021 diante de 2020, o volume movimentado de minério de ferro já apresenta uma alta de 5,698 milhões de toneladas, crescimento de 45,2%.

Os volumes exportados da commodity foram responsáveis por um faturamento de R$ 67,6 milhões no mês, um crescimento de R$ 43,6 milhões, ou 81,4% em relação a maio de 2020. Já no acumulado 2021 versus 2020, o faturamento advindo das exportações de minério de ferro já apresenta uma alta de 162,9 milhões de toneladas, crescimento de 178,1%.